0

Nome em ascensão do pop nacional direto de Porto Alegre, Miri Brock revela mais uma canção que mantém em alta as temperaturas da sua sonoridade. “Corre Amor” é uma mistura de beats dançantes e letras que celebram os amores fugazes, temperada com a sensualidade do pop brasileiro. A canção chega às principais plataformas e ganha um clipe.

Assista a “Corre Amor”: https://youtu.be/T8FSeU5Yr1Q

Ouça “Corre Amor”: https://ingrv.es/correamor

A pluralidade sonora e de amores habita a musicalidade de Miri Brock desde seu primeiro single, o bem recebido “Me Diz O Que É”. A estreia solo da artista vem na esteira de uma carreira de mais de 10 anos dedicados à música. De Santa Maria (RS), atuou e se destacou como vocalista na banda Louis & Anas (posteriormente rebatizada apenas como Louis), mesclando referências do soul, da disco music e do R&B. Agora, Miri está pronta para uma nova fase, oferecendo um olhar moderno e sob a perspectiva feminina e feminista sobre os amores fluidos.

“Eu escrevi a letra, melodia e harmonia de ‘Corre Amor’ num momento em que sofri uma desilusão amorosa. Eu conheci uma pessoa em um festival, no carnaval, e vivi 48 horas muito intensas com ela. Depois do carnaval seguimos em contato, eu achando que algo maior ia acontecer, até que no reencontro as coisas foram bem mais frias do que eu esperava. Aí passei por aquele momento de tirar a pessoa do seu pedestal, me recolher e entender que tudo bem, que isso passa, e eu sigo bem (melhor) sozinha”, revela a artista.

Miri vem esquentando os motores dessa nova fase com uma série de singles. Durante o isolamento social imposto pela pandemia, idealizou em parceria com Victor Fão e Martina Fröhlich o projeto Gliti, experimento musical e audiovisual que aborda temáticas de liberação feminina e sexualidades plurais numa roupagem eletropop. Atualmente, é uma das mentes criativas à frente do projeto Circuito Orelhas, com foco na circulação de nomes consagrados e revelações da música brasileira.

Radicada em Porto Alegre, Miri reuniu a fina flor da música pop gaúcha para dar corpo ao seu projeto solo, sob produção da dupla Marcelo Fruet e Daniel Roitman. O primeiro single, “Me diz o que que é”, lançado em novembro de 2021, ganhou um videoclipe dirigido pelo conceituado jornalista paulistano Allex Colontonio (Casa Vogue, Kaza, Decornautas). Para esse novo single, o vídeo assinado pela Insonia Multimídia dá forma a uma letra onde as altas temperaturas de um amor intenso ecoam no calor desse verão. “Corre Amor” já está disponível para streaming e o clipe, no canal de YouTube da artista. Miri Brock prepara outras novidades para lançar ainda em 2022.

 

Ficha técnica

Música:

 

Composição: Miri Brock part. Marcelo Fruet

Intérprete: Miri Brock

Produção musical: Daniel Roitman e Marcelo Fruet

Arranjo, beats e outros instrumentos: Daniel Roitman

Mixagem: Marcelo Fruet e Átila Viana

Masterização: Marcos Abreu

 

Clipe:

Direção, Fotografia e Montagem: Insonia Multimídia

Operador de Câmera: Fernando Marrera

Assistente de fotografia: Leandro Ghiggi

Direção de arte selva: Martina Frohlich

Beleza: Daniele Telles

Atores: Miri Brock, Fabrício Leão e AJ

Apoio figurino: Fran Piovesan e SecondHand Brechó

Produção Executiva: Fernanda Verdi e Miri Brock

Making of: Fernanda Verdi

Divulgação: Patrícia Guedes, Fernanda Verdi e Miri Brock

Locação: Espaço Cerco e Parque Marinha do Brasil

Apoio: Ô Xiss, Plantaria do Luis e TalitaK Flores e Jardim

Agradecimentos: Marina Vaz Torres de Azevedo, Livia Ciprandi, Lenita Fernandes, Nicolas Medeiros Collar.

 

Letra

Você é poesia demais pra mim

É tão bonito

Parece até um monte de palavras

Bem organizadas

Colocadas uma a uma em um poema

Você é música demais pra mim

Daquelas de dançar

Parece até um beat

Que balança o corpo e dá calor

Faz correr suor…

 

Ai amor

Eu não sei fazer poesia

Eu só sei dançar

E faço isso tão bem

Sozinha

Deixa pra lá

Foi tudo heresia

Desejo é só vontade

Que logo mais

Que logo mais vai passar

Aiaiaiaiaiiai

 

Você é tudo todo demais pra mim

 

É tão profundo

Parece um oceano

Num mergulho

Quase me afoga e mesmo assim

Só penso em te navegar

Você é música demais pra mim

Daquelas de dançar

Parece até um beat

Que balança o corpo e dá calor

Faz correr suor e amor

Pelas minhas pernas

 

Ai amor

Eu não sei fazer poesia

Eu só sei dançar

E faço isso tão bem Sozinha

Deixa pra lá

Foi tudo heresia

Desejo é só vontade

Que logo mais

Que logo mais vai passar

Ai amor

Eu não sei fazer poesia

Eu só sei dançar

E faço isso tão bem Sozinha

Deixa pra lá

 

Foi tudo heresia

Desejo é só vontade

Que logo mais

Que logo mais vai passar

 

Aiaiaiaiaiiai

Aiaiaiaiaiai

centralrbn

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar