Conecte-se conosco

Clip

Ju Santana celebra sonoridades do norte e nordeste com olhar pop em “Modo Swing”

Publicado

em

Ju Santana celebra sonoridades do norte e nordeste com olhar pop em “Modo Swing”

Cantora lança primeiro clipe e single e anuncia EP

Sintonizando inspirações que vão do bregafunk ao lambazouk, a cantora Ju Santana inaugura com o single e clipe “Modo Swing” uma série de lançamentos que culminarão no seu EP de estreia. A faixa dançante já está disponível nas plataformas de streaming e ganha um clipe.

Assista a “Modo Swing”: https://youtu.be/KXzPj4q8opk

Ouça “Modo Swing”:  https://fanlink.to/modoswing

Partindo da sua própria reconexão com a dança, a artista convida a abraçar os desejos em uma canção onde celebra a sensualidade. “Modo Swing” utiliza elementos do novo pop regional do norte e nordeste do Brasil com um olhar moderno sobre as batidas, ao mesmo tempo que resgata suas referências da lambada dos anos 90 e do zouk. O resultado é um caldeirão rítmico.

“Essa música nasceu primeiramente da redescoberta da dança nos últimos anos, o que me despertou a vontade de compor músicas pra dançar. No processo de pesquisa de referências, junto com o produtor Pedro Guinu, buscamos as sonoridades que poderiam refletir essa inspiração de forma atual, uma vez que a modernização da dança e os elementos eletrônicos trouxeram um universo de possibilidades para o gênero”, analisa Ju Santana. “Busquei o olhar de dançarino e ator do Will Santorinne para construir a coreografia e cenas, mas ao mesmo tempo me sentindo muito livre pra deixar fluir meus movimentos, o que tornou a concepção leve, orgânica e conjunta”.

Além dessas novas sonoridades, a artista buscou falar sobre a libido feminina por diferentes perspectivas – o auto-desejo e o desejo pelo outro. O clipe, que teve inspiração em situações reais e em sonhos, busca expressar esse caminho de auto-descoberta, imerso em uma atmosfera onírica e fazendo a ponte com o inconsciente e as fantasias.

“É uma celebração da livre sedução e do encontro, onde se permite entregar sem amarras ao deleite que ela mesma cria através do outro. Ao mesmo tempo, traz essa alternância com o seu desejo de liberdade – daí a metáfora ‘me prende, me solta no ar’. Mulher-sujeito de si mesma e de suas vontades”, sintetiza.

Ju Santana faz dessa a sua estreia enquanto artista solo após ter integrado projetos de releituras, como Sarau da Lapa, Bambas de Saia, Orquestra de Ukuleles da UFRJ e Baile Artesanal. Com este último, gravou a música autoral “Flor de Chocolate”, trilha do premiado filme “Através dos Sentidos” e semifinalista do Festival de Música da Rádio MEC 2020, na categoria Melhor Canção.

Agora, Ju Santana está prestes a alçar novos voos com seu primeiro EP solo. “Modo Swing” é o primeiro gostinho dessa nova etapa e já está disponível nas plataformas de streaming e canal da artista no YouTube.

Assista a “Modo Swing”: https://youtu.be/KXzPj4q8opk

Ouça “Modo Swing”: https://fanlink.to/modoswing

Ju Santana celebra sonoridades do norte e nordeste com olhar pop em “Modo Swing”

Ficha técnica

Música

Composição: Ju Santana

Produção Musical: Pedro Guinu

Percussão: Léo Mucuri

Mixagem: Tércio Marques

 

Videoclipe:

Direção: Louyse Gerardo (Lou Filmes)

Direção de fotografia: Louyse Gerardo (Lou Filmes)

Assistente de filmagem: Yuri Sibucks

Edição: Yuri Sibucks

Roteiro: Ju Santana e Will Santorinne

Coreografia: Will Santorinne

Moço do Modo Swing: Will Santorinne

Maquiagem: Mônica Reis

Cabelo: Gabi Aguiar

Styling e produção de moda: Amâncio Vinhas (All Crazy Studio)

Local: Casa das Romãs, Rio de Janeiro/RJ (agradecimento especial à Ana, que nos acolheu com tanto carinho para esta filmagem)

 

Material visual:

Fotos: Louyse Gerardo

Design gráfico: Fabíola Greco

 

Acompanhe Ju Santana:

http://instagram.com/jusantanamusic

https://www.facebook.com/jusantanamusic

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Light Dark Dark Light