Conecte-se conosco

Economia

Furnas passa por automação de processos utilizando solução de RPA

Avatar

Publicado

em

Especializada em transformação digital, a Certsys desenvolveu um novo centro de excelência para a empresa de capital misto Furnas, subsidiária da Eletrobras. O objetivo desse centro é integrar todas as experiências de automatização por meio de robôs da companhia pública, as RPA’s (Robotic Process Automation), em diversas áreas da empresa.

Esse tipo de automatização diz respeito à facilitação de processos, muitas vezes manuais, que requerem grande carga de tempo, recursos e atividade dos colaboradores. Com a implementação dos robôs, os processos são imediatamente automatizados e a companhia passa a reduzir a possibilidade de falha (mais suscetível ao trabalho humano do que ao do robô), além de maximizar o tempo de execução das tarefas e a produtividade de seus funcionários em outras áreas, diminuindo também os custos da empresa. Outra funcionalidade avançada da transformação é a quebra de captcha, eliminação de erros, redução do custo homem-hora e facilidade para integração de sistemas de plataformas distintas.

Até o momento, foram realizadas 11 automações no sistema, que já geraram mais de 350 horas de retorno ao negócio, além de 47 FTE reduzidos. Com um investimento de R$ 700 mil, até o momento já foram reduzidos R$ 231 mil em custos, em média, por mês. 

“Estamos construindo um Centro de Excelência de RPAs, com uma equipe totalmente dedicada a desenvolver e implantar soluções de automação de processos em vários locais da empresa. Queremos que as áreas de negócios tenham agilidade, autonomia e capacitação no desenvolvimento de soluções dessa natureza, com a ajuda e governança da TI” informa Marcelo Piñeiro, superintendente da área.

Além dos que já estão em operação, o mais recente robô desenvolvido pela Certsys começou a atuar na Superintendência de Contabilidade de Furnas, na área Jurídico Tributária, coletando processos deliberados pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), e, a partir desses dados, elaborando relatórios diários. De acordo com Marcelo Piñeiro, as áreas Contábil Tributária e Patrimonial serão as próximas prioridades para implementação de RPA, com o desenvolvimento de automação chegando a 4 novas áreas.

“Tanto em nossa atuação como consultoria quanto na hora de integrar um robô aos processos do cliente, que está passando por uma transformação digital, focamos em entender as necessidades do cliente e como podemos desenhar o caminho mais curto e qualificado para que ele possa suprir essas necessidades. A automação tem que ser adaptável aos processos preexistentes, e precisa ter resultado imediato e prático, liberando colaboradores para outras tarefas não-repetitivas e acelerando a dinâmica de trabalho”, explica Ramon Cordeiro, Head de Automação RPA.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA