Em uma mensagem divulgada para marcar os 10 anos da crise na Síria, o Alto Comissário das Nações Unidas para Refugiados, Filippo Grandi, afirmou que o “mundo falhou” com os refugiados sírios.

Lembrando que mais de 5,5 milhões de pessoas refugiadas da Síria se encontram hoje em mais de 130 países (a enorme maioria nos países vizinhos à Síria), Grandi destaca que os líderes globais devem encarar a data como um “lembrete severo e condenatório de que esta década de morte, destruição e deslocamento aconteceu diante de seus olhos”

Em seu pronunciamento, o Alto Comissário ressaltou a generosidade dos países e das comunidades locais que acolhem refugiados sírios em todo o mundo. “Os países vizinhos têm abrigado milhões de refugiados, arcando com uma enorme responsabilidade. Suas economias, recursos escassos, infraestrutura e sociedades estão sob tremenda pressão”.

O comunicado encerra com um chamado do Alto Comissário para que se dobrem “os esforços coletivos para apoiar tanto os refugiados quanto as comunidades que os acolhem. Nós devemos aos refugiados sírios e a região nada menos do que isso”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.