Conecte-se conosco

SP

SP implanta Plano de Ações Integradas para parceria com municípios

Publicado

em

Anúncios do Governo de SP em São José Do Rio Preto



Governador em exercício, Carlão Pignatari, assinou decreto nesta quarta-feira (27)



O Governador em exercício, Carlão Pignatari, junto ao Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, assinou nesta quarta-feira (27), em São José do Rio Preto, o decreto para implementação do Plano de Ações Integradas do Estado de São Paulo – PAINSP (Lei nº 17.414, de 23 de setembro de 2021).

“O Projeto do PAINSP é de extrema importância para todos nós do Estado de São Paulo. Estamos prontos para ajudar cada vez mais nossos estudantes e guiá-los para um futuro brilhante”, afirma Carlão Pignatari.

Através da inovação jurídica, a Secretaria da Educação do Estado (Seduc-SP) pretende estabelecer um novo formato de parceria com os municípios, para tornar a transferência de recursos técnicos, materiais e financeiros mais ágil e desburocratizada. Dessa forma, pretende-se direcionar os esforços, hoje centrados nas atividades-meio, para os resultados das ações pactuadas.

“O projeto que chamamos de PAINSP, que vai permitir o trâmite de fundos para a educação. Agora o recurso para creches, por exemplo, não virá mais na modalidade de convênio, onde já tivemos alguns problemas e dificuldades, ele vem através de uma legislação muito mais moderna”, explica Rossieli Soares.

Na prática, alteram-se as diretrizes da forma de adesão e formalização da pactuação dos programas de Regime de Colaboração promovidos pela Seduc-SP, de forma a substituir o instrumento Convênio pelo modelo de Termo de Compromisso. Os trâmites para formalização de Termos de Compromisso serão totalmente informatizados, fornecendo transparência e celeridade ao processo.

Os municípios que desejarem participar do PAINSP poderão manifestar o interesse e aderir ao Plano através do Sistema Demandas do Programa SP Sem Papel.

A adesão será feita por eixos do programa:

I – materiais didáticos, pedagógicos, tecnologias educacionais e educação inclusiva;
II – transporte escolar;
III – alimentação escolar;
IV – formação e valorização de profissionais;
V – infraestrutura física;
VI – equipamentos;
VII – gestão pedagógica, avaliação educacional e estratégia de aprendizagem para alunos com altas habilidades, superdotados e com necessidades especiais.

Cada um dos eixos conterá um conjunto de ações a serem disponibilizadas pela Secretaria, entre as quais os municípios poderão selecionar para compor o seu plano de ação.

O primeiro eixo do PAINSP a ser disponibilizado no sistema para cadastro de ações será o de infraestrutura física, que conterá ações como:

• Ampliação de escolas e creches
• Construção de escolas e creches
• Cobertura de quadras
• Elétrica para climatização de escolas e creches

Ou seja, será o primeiro eixo no qual os Termos de Compromisso poderão ser firmados e recursos repassados pela Seduc aos municípios. É importante ressaltar que as ações poderão ser executadas em escolas estaduais e/ou municipais.

Na ocasião, o Secretário também anunciou três equipamentos que devem ser construídos em São José do Rio Preto: Centro de Inovação da Educação Básica Paulista (CIEBP) São José do Rio Preto, Escola Estadual Jardim das Oliveiras e a Creche Escola Campo Belo.

Ricardo Macario

Link

Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *