Seis gols marcados, nenhum sofrido e 100% de aproveitamento: técnico alemão, André Visser, enaltece largada do Estrela do Norte na Copa Espírito Santo

Recentemente, o técnico alemão, André Visser, completou um mês como treinador do Estrela do Norte. Após algumas semanas de pré-temporada, ele mostrou na largada da Copa Espírito Santo que montou uma equipe forte. O time alvinegro venceu os seus dois jogos na competição e lidera a chave B ao lado do Vitória com saldo de seis gols positivos.

Essa é a segunda experiência do técnico estrangeiro no futebol brasileiro. No ano passado, ele treinou outra equipe capixaba, o Rio Branco, e também teve ótimo aproveitamento. Em nove jogos foram quatro vitórias, dois empates e três derrotas.

André Visser é só elogios ao novo clube. “O Estrela do Norte dá todas as condições de trabalho que precisamos. Alojamento, boa refeição e boa estrutura de treino. Além disso, já deu para perceber que temos uma torcida apaixonada, que apoia bastante a equipe. Gostei bastante de trabalhar aqui no meu primeiro mês no clube. Os dirigentes me dão liberdade para implementar minha filosofia de jogo”, declarou o técnico, que tem licença A da UEFA.

O Estrela do Norte venceu ontem (quarta-feira) o Nova Venécia, em casa, por 1×0. Os comandados de André Visser não tem muito tempo para comemorar. Neste sábado, às 15h, a equipe volta a campo para enfrentar o Aster no estádio Kleber Andrade. “Nossa maior dificuldade neste início talvez seja o pouco tempo, mas os jogadores sempre falam que gostam é de jogar. Então, temos que usar isso ao nosso favor. Vamos corrigir pequenos detalhes táticos para buscarmos a terceira vitória consecutiva”, destacou o treinador de 38 anos.

Mesmo com 100% de aproveitamento, ótimo desempenho ofensivo (seis gols marcados) e defensivo (nenhum tento sofrido), André Visser mantém o discurso de pés no chão. “Os resultados neste começo são muito bons, mas a forma tática ainda não encaixou da maneira que eu julgo ser a ideal. A pré-temporada curta prejudicou neste ajuste. O importante foi que os jogadores entenderam nossa metodologia. Eu já conhecia alguns atletas do elenco. Vamos evoluir muito ainda tecnicamente, fisicamente e taticamente. Mostraremos os caminhos certos para os jogadores evoluírem, pois eles crescendo de produção, consequentemente o time também melhora. Tenho muita satisfação em treinar esse elenco”, finalizou.