Conecte-se conosco

BA

Secult divulga lista de habilitados que vão receber recursos da lei Aldir Blanc a partir de segunda (29)

Publicado

em

Após quatro semanas de atendimento técnico aos artistas, grupos e espaço culturais sobre a Lei Aldir Blanc, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECULT) divulgou nesta quarta-feira (23) a relação das 113 propostas habilitadas. A partir de segunda-feira (29) até o dia 30, uma equipe com técnicos das secretarias de Cultura, Fazenda, Controladoria e Procuradoria do município estará empenhada no pagamento dos recursos aos selecionados.

Para a secretária de Cultura e Turismo, Elisângela Sousa, o sentimento é de vitória. “Foi um esforço hercúleo. Conseguimos cumprir todos os prazos estabelecidos no edital. Para você ter uma ideia, recebemos proposta até o dia 22. No dia 23 iniciamos as análises e em menos de 48 horas publicamos a lista de habilitados. A leitura que nós fazemos do resultado é extremamente positivo e todas as secretarias envolvidas estão imbuídas nesse propósito”.

Um dos aspectos mais importantes desse processo foi o atendimento prestado pela SECULT, desde o credenciamento até a entrega e orientação das propostas, o cuidado e atenção com os sujeitos culturais da cidade, de acordo com a análise de Eduardo Santana, presidente da Comissão de Avaliação e Seleção para Lei Aldir Blanc.

“Desde o momento da instalação da comissão houve uma preocupação grande e uma humanização, por parte da gestão, no atendimento aos artistas. Esse modelo será em muito pouco tempo visualizado em outros espaços como uma referência de ação pública, de uso do dinheiro público, mas principalmente de cidadania”, pontuou.

O presidente do Conselho de Cultura de Lauro de Freitas, Alcides Carvalho, agradeceu a toda equipe pelo envolvimento no processo e destacou a assistência e a atenção que a Secult deu aos espaços e grupos culturais, fazendo o esforço para contemplar o maior número de artistas possível. “Chegamos ao final do processo com mais de 100 propostas e isso é muito gratificante. O Conselho Municipal de Cultura tem uma celebração a fazer à Secult por toda dedicação nesse processo”.

Representante da banda Zimbabwe, Rogério Noronha também destacou a transparência e o esforça das equipes da Cultura no processo. “Fiquei sabendo do Edital pelos canais de comunicação da Prefeitura e tivemos todo apoio e atenção da secretaria para que pudéssemos estar hoje habilitados”.

Coreógrafo do grupo Ballet Yaoundé, da Itinga, Josy Black se surpreendeu com a atenção que recebeu durante todo o processo. “Nunca vi nada igual. Tudo muito organizado. Houve muito empenho para que tudo desse certo. Estamos muito felizes”.

Para a titular da SECULT, que é mestra em Direito, Governança e Politicas Publicas, o destaque foi mesmo a organização para superar os entraves do curto prazo determinado no Edital. “O que fez a diferença foi o atendimento humanizado que levou as pessoas a se sentirem partícipes, empoderadas, respeitadas. Foi um trabalho coletivo com a comunidade artística e os técnicos da prefeitura. Nosso maior ganho é saber que uma lei com tempo inexequível a gente conseguiu chegar ao final do processo”.

A equipe da Secult continua disponível para qualquer informação sobre como foram conduzidas todas as fases do edital da Lei Aldir Blanc. “Foi um processo lícito extremamente transparente e com fiscalização constante da sociedade civil. Então estamos muito contentes em fazer essa entrega pra classe artística cultural de Lauro de Freitas junto com o Conselho Municipal de Cultura e a Comissão de Avaliação e Seleção de Projetos da Lei Aldir Blanc”, concluiu e secretária Elisangela.

Veja a lista de habilitados no site oficial da Prefeitura:

https://www.laurodefreitas.ba.gov.br/2019/noticia/lista-de-habilitados-lei-cultural-aldir-blanc-n140172020/1972

Jornalista Mariana Cedrim

Fotos Natan Kiss

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA