Conecte-se conosco

Auto

Sabe aquele estalo diferente que vem do motor do carro? É melhor investigar

Publicado

em

Para evitar dores de cabeça, dias perdidos em oficina e economizar financeiramente, listamos dicas preventivas preciosas que vão aumentar a vida útil do veículo

Aquele clique leve que vem do motor do carro de vez em quando pode não ser tão inocente quanto parece. Cuidar do motor do carro com manutenções preventivas, e com as trocas regulares dos fluidos que compõem o coração do veículo são práticas que ajudam a estender a vida útil do veículo. Deixar para depois aquela troca de óleo que já devia ter sido feita ou a aplicação do aditivo correto no radiador pode resultar na busca indesejável por um guincho ou um contato obrigatório com o seguro.

Por mais forte que seja o motor do veículo, requer o mesmo tipo de cuidado dedicado a peças delicadas. A manutenção precisa ser feita regularmente conforme orientações do fabricante. Filtros de ar, óleo e combustível passam obrigatoriamente por trocas periódicas, dentro da quilometragem estipulada. O uso de combustível de procedência duvidosa pode arruinar o motor.  São orientações que todo motorista já ouviu, mas que nem todos colocam em prática, seja por falta de tempo, descuido, no momento atual, por necessidade de cumprir os protocolos de distanciamento em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Para ajudar na manutenção e na extensão da vida útil do veículo, listamos algumas dicas de ouro para quem deseja manter o carro no melhor rendimento possível e evitar as dores de cabeça que todo motorista já enfrentou pelo menos uma vez. Uma delas é o uso do Militec 1, um condicionador de metais que tem como função reduzir o atrito nas peças do motor além de diminuir a emissão de poluentes, de ruído e também aumentar a potência do motor e a economia de combustível. O que contribui para o prolongamento da vida útil do carro. “Cuidar do carro de forma preventiva é a melhor maneira de evitar gastos desnecessários e o inesperado de ficar sem o carro”, orienta Paulo Germano, diretor comercial da Militec Brasil. “Um ruído diferente vindo do motor pode ser sinal de falta de manutenção ou de necessidade de substituição de alguma peça. Subestimar esse sinal pode significar aquela parada obrigatória no acostamento ou no meio do trânsito pesado para acionar o guincho do seguro”, avisa.

Óleo do motor

Não invente na hora de trocar o óleo do coração do veículo, respeite os prazos estabelecidos e se houver vazamento, corrija o problema e faça a troca do óleo em seguida.

Correia dentada

O prazo para a substituição da correia está no manual do proprietário. Ela se desgasta juntamente com os rolamentos auxiliares e esticadores. Uma maneira de evitar que a correia nova sofra o mesmo desgaste da anterior é trocar todas as peças do conjunto de sincronização. Consulte um mecânico de confiança sobre a necessidade dessa substituição.

Bicos injetores

A limpeza dos bicos injetores é fundamental para evitar o consumo exagerado de combustível e problemas na partida do carro. Um dano eventual é identificado, com equipamento apropriado, a partir da medição da quantidade de combustível injetado. Caso haja diferença entre os injetores, a recomendação é a equalização do equipamento, feita também com equipamento específico.

Radiador

A água do radiador precisa estar na proporção correta do aditivo, também especificada no manual do veículo. É fundamental que se observe ainda o sistema de arrefecimento e a temperatura do trabalho do motor, com manutenção constante.

Mangueiras

Precisam ser checadas e trocadas de modo preventivo, já que são itens de borracha que envelhecem com o tempo de uso. Normalmente, duram cerca de cinco anos.

Velas

Com vida útil também estabelecida pelas fabricantes, a dica é a inspeção das velas uma vez por ano ou a cada 10 mil km.

Injeção direta

Alguns sistemas de injeção oferecem a possibilidade de troca dos componentes. Assim, fique de olho em eventuais problemas e esteja atento a qualquer sinal de irregularidade no funcionamento do equipamento.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA