Conecte-se conosco

BA

Referência em segurança alimentar, equipamentos de Lauro servem de modelo outros municípios

Publicado

em

Os avanços na área de segurança alimentar implantados em Lauro de Freitas foram apresentados pela prefeita Moema Gramacho, na manhã desta segunda-feira (14), para uma comitiva de gestores e a prefeita de Santo Amaro, Alessandra Campos. No município do Recôncavo Baiano serão implantados equipamentos semelhantes à Cozinha Comunitária, Restaurante Popular e Banco de Alimentos que funcionam em Lauro com foco na garantia de condições de acesso à alimentos básicos, de qualidade e de modo permanente.

De acordo com Moema, diariamente o Restaurante Popular (RP) serve 1.900 refeições. A alimentação balanceada é elaborada por uma equipe de nutricionistas e tem como base principal o arroz, feijão, proteína e saladas. O cardápio é variado a cada dia e alterado todas as semanas. Além de oferecer um almoço rico em vitaminas e minerais, o RP serve, pelo valor simbólico de dois reais, suco e sobremesa. “O equipamento garante alimentação saudável e variada para todos que vem até aqui se alimentar”, falou.

Funcionando ao lado do RP, o Banco de Alimentos, que atualmente fornece cestas para assistidos dos serviços de convivência dos equipamentos de assistência social, idosos, mães de crianças com  microcefalia e trabalhadores que foram diretamente afetados pela pandemia com a suspensão das atividades, também foi apresentado à comitiva.

“Atualmente a maior parte dos recursos para compra das cestas vem do PAA  -Programa de Aquisição de Alimentos, mas estamos sensibilizando os empresários para participar com doações que são revertidas para estes públicos. Somente no primeiro semestre deste ano mais de três mil cestas foram dispensadas”, destacou Moema.

Percorrendo as instalações do RP com a prefeita Alessandra Campos, Moema mostrou a cozinha do equipamento. “O fluxograma do local foi pensado para evitar contaminação dos alimentos”, explicou a nutricionista chefe, Regina Alves.  A cozinha do RP é setorizada, ou seja, em cada sala uma atividade é elaborada com muito rigor pela qualidade e higiene.

 “Temos a sala separada para a confecção das sobremesas, outra para sucos, outra para guardar os utensílios, área de estoque e insumos e uma saída estratégica para o lixo. Todas as sobras são descartadas, porém temos muito pouco desperdício de alimentos, em média a produção diária é bem aproveitada”, completou Regina.

Nas enormes panelas cabem mais de 300 litros de alimentos para serem cozidos de uma única vez. A produção inicia bem cedo, às 6h da manhã os funcionários preparam o que será servido às 11h quando o Restaurante abre para atender a população até às 14h. “Venho aqui todos os dias há anos, a comida é ótima e o atendimento é perfeito. gosto muito”, elogiou o aposentado Nilton Santos.

Encantada com cada detalhe que conheceu do Restaurante Popular,  Alessandra Campos teceu  elogios ao equipamento. “Uma estrutura organizacional excelente. Estamos trabalhando para executar algo semelhante em nosso munícipio”, falou seguindo para a Cozinha Comunitária. No local, situado no Parque São Paulo, Moema apresentou toda adaptação realizada para continuar o funcionamento seguindo todos os protocolos para evitar contaminação pelo coronavírus.

De acordo com a nutricionista da Cozinha Comunitária, Norma Gemima, a parte interna da cozinha está temporariamente sem uso por conta da pandemia. No lado externo, as mesas são dispostas mantendo o distanciamento, e o controle de acesso dos usuários também é pensado com a mesma finalidade.

“Assim que uma pessoa termina de almoçar o local é limpo com álcool 70% e liberado para outra pessoa utilizar”, contou. A Cozinha Comunitária serve 250 refeições e 200 cafés da manhã. O almoço custa dois reais e o café um real. Além destes equipamentos, em Lauro funcionam mais um Banco de Alimentos e outra Cozinha Comunitária em Portão.

Jornalista: Giovanna Reyner

Foto Maína Diniz

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA