Conecte-se conosco

BA

Reativação do Elevador do Taboão reacende valorização do Centro Histórico

Publicado

em

Reativação do Elevador do Taboão reacende valorização do Centro Histórico

Duas semanas após o início do funcionamento, o Elevador do Taboão já é um atrativo turístico e de mobilidade para toda a população de Salvador. Recém-entregue à cidade de Salvador pela Prefeitura, o ascensor tem recebido turistas e da população, para conhecer sua história e como um novo meio de transporte diário. O elevador é um dos meios de transporte que podem ser utilizados, para fazer a ligação entre o Pelourinho e o Comércio.

Completamente recuperado, o equipamento possui áreas com mesas, sanitários, uma horta florestal suspensa, além de cabines totalmente modernas, climatizadas e uma placa contendo a história do equipamento, que após 60 anos parado foi reativado.

Morador da região da Cidade Baixa, Roberto Barreto, de 70 anos, conheceu o elevador ainda criança. “Ficou infelizmente parado por muito tempo, mas essa revitalização valeu a pena, o elevador está lindo e é como uma nova opção de locomoção para toda a população”, disse o aposentado.

A pesquisadora de opinião Reijane Pereira, de 47 anos, ressaltou a importância que a revitalização do patrimônio histórico tem na vida de toda a população. “Revitalizar é reconstruir e valorizar, respeitando a história. A prefeitura de Salvador nos dá esse presente que, certamente, trará mais segurança e valorização para o Centro Histórico”.

Usando o equipamento pela primeira vez após a sua reativação, a jornalista Sandra Cristina, de 50 anos, parabenizou a Prefeitura pela iniciativa. “É maravilhoso, essa revitalização valoriza muito o comércio”, opinou.

Turistas – Em visita à Salvador para conhecer os principais pontos turísticos e históricos da capital baiana, o publicitário paulista Rodrigo Sicheroli, de 42 anos, foi conferir o elevador do Taboão. “Está sendo gratificante conhecer a história da cidade e ver a revitalização que está sendo feita nos equipamentos históricos”, destacou.

Aproveitando o local para tirar fotos, a turista da cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, Vanessa Correia, de 34 anos, disse ter aprovado o uso do equipamento. “Eu acabei de descer e é muito confortável”, aprovou.

Funcionamento – A cabine do elevador tem capacidade para até 14 pessoas, mas devido à pandemia estão sendo transportadas apenas oito pessoas por vez, seguindo os protocolos de segurança. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sendo o acesso gratuito por período indeterminado.

Bikes – Os usuários também podem levar uma bicicleta por viagem nas cabines, o que permitirá uma locomoção ainda mais confortável e segura, evitando as ladeiras que interligam as regiões. Além do Elevador do Taboão, os ciclistas já contam com a possibilidade de transitar com suas bikes nos planos inclinados Pilar e Liberdade, além do Elevador Lacerda, desde 2013.

  Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *