Conecte-se conosco

Educação

O REINO UNIDO LANÇA UM NOVO ESQUEMA DE EDUCAÇÃO PARA AMPLIAR ESTUDOS INTERNACIONAIS E OPORTUNIDADES GLOBAIS

Publicado

em

O REINO UNIDO LANÇA UM NOVO ESQUEMA DE EDUCAÇÃO PARA AMPLIAR ESTUDOS INTERNACIONAIS E OPORTUNIDADES GLOBAIS

Novas medidas destinadas a atrair mais estudantes estrangeiros, aumentar o acesso a intercâmbios de estudantes para milhares de pessoas e apoiar parcerias educacionais internacionais anunciadas em 6 de fevereiro pelo governo do Reino Unido.

Após o anúncio em dezembro do novo esquema Turing de £ 110 milhões, um novo site foi lançado com detalhes de financiamento e elegibilidade para que as universidades, faculdades e escolas do Reino Unido possam se preparar para as licitações. O modelo pioneiro ajudará estudantes de todo o Reino Unido e demais países a aproveitarem os benefícios de estudar e trabalhar no exterior a partir de setembro de 2021.

A Estratégia de Educação Internacional atualizada, liderada pelo Ministério da Educação (DfE) e pelo Ministério do Comércio Internacional (DIT) do Reino Unido, trabalhará em conjunto com o esquema, com foco no apoio ao setor de educação para se recuperar da pandemia, impulsionando oportunidades de crescimento global.

São também destacados planos para uma nova qualificação de ensino internacional (iQTS) para que professores ao redor do mundo possam treinar e atingir padrões líderes mundiais e apoiar a crescente demanda internacional pelo ensino de alta qualidade. Enfatiza-se também mudanças recentes incluindo a racionalização dos processos de inscrição e o aumento das perspectivas de emprego para estudantes internacionais realizarem seus estudos no Reino Unido.

A Ministra das Universidades, Michelle Donelan, colocou: 

“Nestes tempos sem precedentes, ter uma agenda de educação global proativa é mais importante do que nunca para que possamos nos recuperar da pandemia. Nossa educação de classe mundial é uma parte vital de nossa economia e sociedade, e queremos apoiar universidades, escolas, faculdades em todos os aspectos do setor educacional para prosperar em todo o mundo”.

“Estamos comprometidos em garantir que nossos alunos se beneficiem dos estudos e do trabalho no exterior. Trabalhando com o Conselho Britânico, abriremos o mundo para nossos jovens, e estou ansiosa para ver as excitantes e enriquecedoras oportunidades que o esquema Turing trará. Tenho também o prazer de lançar iniciativas para melhorar a experiência dos estudantes internacionais em nossas universidades, desde o momento em que eles se inscrevem até os primeiros passos de suas carreiras”.

As medidas da estratégia atualizada para impulsionar as exportações de educação do Reino Unido incluem:

  • Lançar uma consulta para uma nova qualificação internacional de ensino, o “International Qualified Teacher Status” (iQTS), de forma a permitir que professores de todo o mundo treinem de acordo com os padrões britânicos, apoiando o setor para atender à crescente demanda internacional por seu treinamento de professores de alta qualidade;
  • Promover internacionalmente os métodos de ensino do Reino Unido para apoiar aqueles com necessidades educacionais especiais e deficiências (SEND)

“O DIT vem trabalhando na América Latina e no Caribe há anos no setor educacional em muitas frentes. A Estratégia de Educação Internacional revisada nos ajudará a expandir nosso trabalho, explorando a colaboração entre o Reino Unido e a região em uma gama de subsetores educacionais, incluindo TVET, ensino superior, EdTech e língua inglesa. Teremos a oportunidade de compartilhar mais sobre a experiência britânica em educação durante a Semana da Educação, um evento que estamos promovendo na primeira semana de março”, diz Bárbara Lotierzo, Head do setor de Educação na América Latina e Caribe do Governo Britânico.

Já houve grandes parcerias entre a América Latina e Caribe e o Reino Unido no setor da educação. No México, o governo selecionou três empresas EdTechs do Reino Unido para sua plataforma “Aprende en Casa”, implementada durante a pandemia. E, no Chile, a Nile, uma empresa britânica para o ensino da língua inglesa, realizou uma sessão de treinamento para professores como resultado de uma missão promovida pela DIT.

O recém-nomeado Comissário do Comércio de Sua Majestade para a América Latina e o Caribe, Jonathan Knott, apontou:

“É fantástico começar meu novo trabalho com uma notícia tão boa. A educação é uma área chave de interesse para o Reino Unido e para os países da América Latina e do Caribe. Queremos continuar a atrair os melhores e mais brilhantes do mundo e para que eles, por sua vez, ajudem a impulsionar o desenvolvimento e as economias ao redor do globo. A educação é vital para uma economia mais forte, e o impacto da pandemia tem servido para reforçar os argumentos a favor de parceria e cooperação internacionais. O governo britânico continua comprometido com os intercâmbios internacionais de educação, e os fornecedores britânicos também estão interessados em continuar e aumentar as fortes relações estabelecidas com a América Latina e o Caribe.  Construindo agora para nosso futuro comum”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Light Dark Dark Light