Conecte-se conosco

Lançamento

O multiartista pernambucano Hugo Coutinho lança “Preparo”, primeira mostra de sua carreira solo.

Publicado

em

O multiartista pernambucano Hugo Coutinho lança “Preparo”, primeira mostra de sua carreira solo.

Compositor, cineasta e produtor musical, Hugo Coutinho tem vasta experiência na música pernambucana. É integrante e compositor nos trabalhos de Una e da banda Sabiá Sensível, já tocou com diversos nomes da cena como Graxa, Juvenil Silva, D Mingus e Isaar. Participou de diversos festivais importantes no cenário brasileiro, como Psicodália, Coquetel Molotov, Rec-Beat, Porto Musical, Festival de Inverno de Garanhuns, A Noite do Desbunde Elétrico. Além da lida de palco, também é um dos criadores do Festival Pai da Mata, com algumas edições já realizadas.

No cinema e audiovisual, faz parte da produtora de filmes Jacaré Video, com quem já lançou o longa “RAMO” em 2105 e realizou trilha em filmes como Nanã (2017) e Entremarés (2018, com Iezu Kaeru), além das séries É Por Aí (2013, 2014) e Bora Cuidar (2020).

Criou ambientes sonoros imersivos em diálogo com ações performáticas como Oroboros (com Yuri Bruscky) e Por Onde Andam os Porcos (2019). Realizou as trilhas sonoras dos espetáculos “Avós”, de Olga Ferrario, e O Último Encontro do Poeta com a sua Alma, de Claudio Ferrario, está em parceria com Hugo Medeiros. Colaborou na trilha do espetáculo teatral Opá – Uma Missão (Lívia Falcão). Atualmente integra a equipe do Teatro Gambiarra, espaço de experimentação artística viabilizada para público na web, com programação ativa desde setembro de 2020.

Depois de vários trabalhos em parceria com artistas dos mais diversos tipos de arte, é chegada a hora de tentar voos solos e “Preparo”, seu primeiro single, que chega em todos os streamings nesta quarta (22 de setembro) pelo selo Hominis Canidae REC. A canção versa sobre se lançar no mundo, se conectar com o desconhecido, e tem forte ligação com o nascimento de seu filho. A faixa conta com voz, guitarra, baixo, violão, synths e piano de Hugo, que também cuidou da mixagem. Gilvandro Barros tocou bateria e a masterização ficou a cargo de Adriano Leão (Casa do Kaos). A arte da capa é da artista pernambucana Isabella Alves.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *