0

Em constante ritmo de expansão, a Distribuidora de Petróleo Larco vem progressivamente se firmando entre as grandes empresas do país. Pelo oitavo ano consecutivo, a marca foi elencada pelo anuário Valor 1000, do Jornal Valor Econômico, entre as mil maiores empresas do Brasil. Os critérios analisados vão desde o crescimento até a geração de valor e desempenho financeiro. Neste ano, a instituição ficou na 4ª posição, entre as 20 maiores da Bahia, sendo a única baiana entre as três primeiras colocadas. Já na região Nordeste, a Larco conquistou o 13º lugar entre as 50 maiores, subindo duas posições em relação ao ranking do ano passado, evidenciando que é a distribuidora de combustíveis que mais cresce na região. 

Na esfera nacional, a Larco também alcançou uma notoriedade muito expressiva, saltando da 231ª posição para a 196ª, entre as 1000 maiores empresas brasileiras, com um faturamento de R$ 3,6 bilhão. Além do ranking geral, a distribuidora se destaca ainda pela sua excelente performance financeira, permanecendo em 3º lugar entre as 10 em Giro de Ativo e na 9ª posição no Crescimento Sustentável. O diretor executivo Alberto Costa Neto celebra os resultados. “Esse reconhecimento é motivo de muito orgulho para a Larco, fruto de um trabalho incansável de toda uma equipe dedicada em constante busca por melhorias de resultados. Posição importante, mas sabemos muito bem onde estamos e onde queremos chegar. Continuaremos firmes nos nossos propósitos e no nosso planejamento estratégico para alcançarmos cada vez mais voos maiores”, afirma.

centralrbn

Covid-19: Kátia Abreu faz exames em São Paulo, após testar positivo

Artigo anterior

Atlético-MG arranca empate e reassume a liderança

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Negócios