Defesa Civil de SP atualiza situação após chuvas




Governador também entregou rodovias vicinais, repúblicas de atendimento a dependentes químicos, unidades de ensino e obras na região



O governador Rodrigo Garcia entregou nesta segunda-feira (2), em São José do Rio Preto, 432 veículos e maquinários do Programa Nova Frota SP Não Para destinados aos municípios da região de Rio Preto.

“Nós estamos distribuindo hoje equipamentos que são importantes para manutenção de estradas rurais. Nós estamos fazendo o maior investimento de vicinal e de recuperação de estradas rurais da história de São Paulo. Mas é fundamental dotar as prefeituras de equipamentos para manutenção”, disse Rodrigo Garcia.

As ações foram anunciadas durante a iniciativa Governo na Área, que busca intensificar as relações institucionais entre o Governo do Estado, Prefeituras e Câmaras Municipais, além de ampliar a transparência das ações governamentais à população.

Entre os veículos e maquinários do Programa Nova Frota SP Não Para, estão ambulâncias, vans, caminhões de coleta seletiva e caminhões-pipa, além de máquinas pesadas como tratores, motoniveladoras, trituradores de galhos de grande porte e retroescavadeiras, veículos e maquinários essenciais para a prestação de serviços aos cidadãos.

Com investimento superior a R$ 145 milhões, os veículos e maquinários foram destinados a 96 municípios. A remessa faz parte dos mais de 3 mil equipamentos que serão disponibilizados pelo Estado.

Rodrigo também entregou nove viaturas da Defesa Civil Estadual para os municípios de Catanduva, Guapiaçu, Mesópolis, Nova Granada, Urupês e Votuporanga. Além disso, cada município receberá kits de equipamentos de acordo com as demandas operacionais locais, como kit de combate a incêndio de 400 litros, gerador, motosserras, tripé de iluminação, holofotes e lanternas.

Encontro de Primeiras Damas em São José do Rio Preto

Na ocasião, o governador entregou ainda uma viatura do Corpo de Bombeiros para o 13º GB de São José do Rio Preto, em atenção ao GRAU – Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências, que é uma unidade de suporte avançado. Com investimento de R$ 320 mil, a viatura atenderá a população com médico e enfermeiro do GRAU e motorista bombeiro.

Durante o evento, Rodrigo entregou também três obras do Programa Novas Estradas Vicinais. Foram investidos R$ 29,6 milhões para melhorias na recuperação do pavimento e novas sinalizações nas vicinais de Cedral-Guapiaçu, Tanabi-010 e Jales-040/Dirce-119, somando intervenções em 40 quilômetros de vias.

Também foram inaugurados dois novos equipamentos para atendimento a dependentes químicos em São José do Rio Preto: uma Casa Terapêutica com vagas exclusivamente para mulheres e uma República para atendimento ao público masculino. A Casa Terapêutica Madre Tereza de Calcutá tem capacidade de atendimento a 25 mulheres, e contará com acolhimento terapêutico. Já a República Comunidade Sol tem capacidade para acolher 24 homens que estão com os vínculos familiares rompidos ou extremamente fragilizados devido ao uso abusivo de drogas.

O governador descerrou ainda a placa de inauguração do Polo de Empregabilidade Inclusiva (PEI), em prol da inclusão profissional das pessoas com deficiência da região. O Polo atuará no formato híbrido, com atendimentos presenciais no PAT de São José do Rio Preto, bem como de forma on-line. Com investimento de R$ 300 mil por ano, a ação beneficiará cerca de 18 mil pessoas com deficiência em idade produtiva.

O Governo de São Paulo também investiu R$ 24 milhões na Região de Rio Preto para a aquisição de 21 academias adaptadas, 4 cadeiras anfíbias para acesso de pessoas com deficiência ao mar, 5 kits com cadeiras de trilha adaptada, 14 parquinhos adaptados, além de 62 vans adaptadas para transportes de pessoas com deficiência.

No evento, Rodrigo inaugurou ainda duas creches nas cidades de Guapiaçu e Santa Salete. Com investimento de R$ 1,2 milhão, a creche de Guapiaçu conta com capacidade de atender até 130 crianças de 0 a 5 anos. Já a creche de Santa Salete teve investimento de R$ 1,7 milhão, com capacidade de atender até 150 crianças de 0 a 5 anos.

Gov. SP