0

O Campeonato Paulista é considerado por muitos o principal estadual do Brasil. Além das grandes equipes, o investimento na competição é alto. Em virtude da vitrine do Paulistão muitos profissionais desejam trabalhar nos clubes da Série A-1. Com apenas 36 anos, o jovem treinador Thiago Carpini tem motivos de sobra para se orgulhar. Após ser finalista do Troféu do Interior em 2020 comandando o Guarani, o técnico estará pelo segundo ano consecutivo dirigindo uma equipe do Paulistão, desta vez Thiago Carpini será o treinador da Internacional de Limeira.

Desde o último dia 04 de janeiro, o elenco alvinegro está em pré-temporada sob o comando de Thiago Carpini. O grupo de jogadores passou por uma ampla reformulação. “Foi modificado mais de 80% do elenco em relação a temporada passada. Foi um trabalho árduo, porém, bastante proveitoso, pois a cada jogo-treino realizado demonstramos uma evolução. Além disso, a diretoria deu todo o respaldo e suporte para realizarmos uma pré-temporada bastante positiva. Sabemos das dificuldades, principalmente em virtude das mudanças e, talvez, por termos a menor folha salarial do Paulistão. Porém, estamos confiantes que atingiremos o objetivo do clube”, declarou o treinador que está na sua terceira equipe paulista.

Ciente das dificuldades, Thiago Carpini não esconde a meta da Internacional de Limeira no Paulistão. “Precisamos firmar o clube no cenário da elite do Paulistão depois de tantos anos fora da primeira divisão. Por isso, o objetivo inicial é a permanência. Vamos buscar ter uma campanha segura. É fundamental ir bem na largada da competição. Com a meta da permanência atingida aí sim buscaremos coisas maiores na competição seja coletivamente ou individualmente”, explicou Carpini.

A estreia da Internacional de Limeira será no próximo dia 28 de fevereiro, fora de casa, às 20h30, contra a Ferroviária. A expectativa de Thiago Carpini é que os seus comandados consigam colocar em prática tudo que foi trabalhado ao longo da pré-temporada. “Foi implantado um conceito de jogo e pela nossa evolução nos treinamentos fiquei bastante satisfeito. É uma equipe competitiva e sabemos que precisamos estar com a capacidade física, técnica e tática no mais alto nível para conseguirmos os resultados. Logo na estreia teremos um duelo complicado, diante de um rival que investiu bastante. Mas, precisamos iniciar pontuando”, concluiu.

centralrbn

Após acesso à Série B com Remo, Gelson é contratado pelo Retrô e valoriza sua primeira experiência no futebol nordestino

Artigo anterior

Rodrigo Pacheco defende compra direta de vacinas pelos estados

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Futebol