0

Sons regionais brasileiros e ritmos latinos se encontram em “Mexilena”, novo clipe do grupo DuSouto. Expoente do efervescente cenário de Natal (RN) há quase duas décadas, o trio faz do vídeo uma celebração das culturas musicais que unem Brasil e Colômbia e, ao mesmo tempo, oferece uma bem humorada interpretação para os encontros e desencontros amorosos. O registro conta com participação do Mc Priguissa e da modelo Jaiara Fontes e traz imagens da primeira passagem do DuSouto por Bogotá e filmagens realizadas no Beco da Lama, em sua cidade.

Assista a “Mexilena”: https://youtu.be/etEvjCam6VY

Ouça “Mexilena”: https://smarturl.it/DuSoutoConecta

Presente no quinto álbum de estúdio de DuSouto, “Mexilena” ganha novas cores no clipe. A narrativa da letra aposta em uma sinceridade escancarada para transformar a conquista em uma caça ao tesouro.

O vídeo amplia essa história. A participação na feira de música Bogotá Music Market a convite da CDBABY Brasil e RedBull Colômbia – onde se apresentaram e realizaram um workshop intitulado “Colômbia feat Brasil” – levou os músicos pelas ruas do centro da cidade.

De volta a Natal, encontram o Mc Priguissa em busca, literalmente, de uma “mina de ouro”: a modelo Jaiara Fontes. Se perdendo pelos becos do centro da capital potiguar, ele passa a não diferenciar realidade e imaginação e pede ajuda a uma cartomante, interpretada por Luci Braga. A história acaba sendo uma crítica, com um sentido figurado, aos encontros marcados pela internet, que nem sempre estão fadados a dar certo.

Trazendo um olhar de bom humor para os amores e desamores modernos, o trio tem em “Mexilena” um dos destaques do seu mais recente disco e um ponto alto de seus shows. A pegada popular, urbana e de junção de ritmos latinos faz parte da sonoridade do DuSouto desde o início.

A banda se formou em 2003 com uma proposta de mesclar a música eletrônica, jamaicana, brasileira e nordestina ao unir samba com drum’n’bass, reggae com repente, xote com ragga e forró com surfmusic. Eles se utilizam de loops, guitarras, samples, groovebox, cavaquinho, sintetizadores, sanfona e letras que trazem o cotidiano de uma cidade praieira pra fazer uma música solar, cheia de sotaque e com identidade genuinamente potiguar. O grupo conta com Gabriel Souto (produtor musical e músico), Gustavo Lamartine e Paulo Souto (compositores e músicos).

“Acredito que buscamos representar essa ligação do DuSouto com Bogotá, e da música latinoamericana como um todo. O roteiro conta a história da própria letra da música, mostrando a musicalidade mista da banda e o bom humor que vem desde das apresentações ao vivo. O fato das imagens terem sido feitas em Bogotá é bem marcante pro DuSouto. Um cenário totalmente inédito e que combinou certinho com a parte das imagens feitas no Beco da Lama, Centro Histórico e Cultural de Natal”, reflete Gustavo Lamartine.

A finalização do clipe, realizada por Levi Herrera, foi viabilizada pela Chamada Pública Economia Criativa 2020 do SEBRAE/RN, que tem como principal objetivo, além do apoio, impulsionar e gerar novos negócios entre os criativos da nossa região. “Mexilena” está disponível no canal de YouTube do DuSouto e nas principais plataformas de streaming de música.

Assista a “Mexilena”: https://youtu.be/etEvjCam6VY

Ouça “Mexilena”: https://smarturl.it/DuSoutoConecta

Crédito: Luci Braga

Ficha técnica

Música: DuSouto e Mc Priguissa

Direção, Roteiro e Material Gráfico: Gustavo Lamartine

Captação de imagens: Gabriel Souto, Luci Braga, Gustavo Lamartine

Edição e Finalização: Levi Herrera

Produção Executiva: Luci Braga

Capa em técnica Patchwork: Elza Lamartine

Participações: Mc Priguissa, Jaiara Fontes e Luci Braga

Locações: Ruas de Bogotá/CO // Beco da Lama – Natal/RN

Realização: BaseB Cultura&Entretenimento

Assessoria de Imprensa: Build Up Media

Apoio: Edital de Economia Criativa SEBRAE/RN 2020

Apoio Cultural: CDBaby Brasil e Bardallos Comida e Arte

Letra

Eu sou cretino, desde menino

Com o sangue latino

Eu sou como um gato, um felino

Que fica na esquina

De noite até seis da matina

E na madrugada da noite passada

Te encontrei dançando um ragga

Um raggamufin no subwoofer

Você bailava tão doce

E eu cheguei junto,

puxei um assunto

Vamos ficar junto

Tipo queijo com presunto

Um misto quente

Sanduíche de gente

Ai seu corpo caliente

Eu vou precisar de um mapa

Localização exata

Qualquer nó ela desata

Qualquer dia ela me mata papai

Entra no jogo, me empresta o fogo

acende logo, já me deixou louco

tira a sandália e baila na pista

você é a capa da minha revista

vestida assim, não tem dó de mim

chega no fim, por mais que eu insista

faz jogo duro, em cima do muro

some no escuro e hasta la vista

centralrbn

Homenagem à beleza de Recife em clipe de Das Neves

Artigo anterior

MEC reconhece 27 cursos de graduação

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Clip