Decisivo, Rayne conquista título estadual e projeto sequência da temporada pelo Manaus

Autor do gol que sacramentou o quinto título consecutivo do Manaus no campeonato estadual, no último domingo, diante do Princesa de Solimões, o defensor Rayne, decisivo também na primeira partida com uma assistência, foi um dos destaques do time da capital amazonense na competição. Ao todo, foram 452 minutos em campo. Seis jogos sem saber o que é perder.

Além de terminar o Campeonato do Amazonas invicto enquanto esteve em campo pelo Gavião, o camisa 2 também se destacou por sua versatilidade. Zagueiro de origem, atuou também como volante no time comandado por Evaristo Piza.

“No futebol moderno, o jogador que não conseguir desempenhar mais de uma função fica para trás. Graças a minha boa formação, ainda nas categorias de base, pude desenvolver características que me deixam confortáveis em jogar também no meio-campo. Estou à disposição do professor. Nosso esquema é muito bem equilibrado. Pude fazer um gol e um assistência nas finais. Isso dá muita confiança para a sequência do trabalho”, comentou Rayne.

Apesar do importante título, os objetivos do Manaus são ainda maiores na temporada 2022. A equipe disputará o Campeonato Brasileiro da Série C, que neste ano, terá um novo formato. Em turno único, os 20 clubes se enfrentam e os oito melhores avançam para a Segunda Fase. Nesta, eles serão divididos em dois grupos, com quatro times cada, para confrontos de ida e volta dentro de cada chave. Os dois melhores de cada quadrangular garantem vaga na Série B de 2023, e os líderes de cada grupo avançam para disputar o título na final, em duelo de ida e volta.

“Feliz em escrever meu nome na história do Manaus. Conseguimos uma sequência de bons resultados. Conquistamos o primeiro objetivo da temporada que era o título do Campeonato Amazonense. Apesar do triunfo, seguimos focados. Queremos mais. Nosso maior desafio do ano é a disputa do Campeonato Brasileiro. Sabemos que é uma competição muito difícil, mas o nosso trabalho está sendo bem feito. Vamos colher os frutos lá na frente”, disse o defensor.

O Gavião estreia na competição nacional na próxima segunda-feira, dia 11, contra o Brasil de Pelotas, no Rio Grande do Sul.