Bala Baiana: apesar do nome, essa delicia tem origem em Portugal; veja a receita
0

Dependendo da região do Brasil você pode conhecê-la como Bala Baiana, Bala de Vidro ou Bala de Ovo, mas fato é que as tradicionais balas caramelizadas de coco são mais um delicioso doce que herdamos da rica culinária portuguesa.

O preparo do confeito fazia parte do cotidiano dos conventos religiosos em Portugal. Antigamente, as freiras utilizavam muitas claras de ovo para engomar suas roupas, e consequentemente sobravam muitas gemas, ingrediente esse que acabava fazendo parte de muitas receitas.

“Apesar da influência portuguesa, as balas de ovo feitas aqui são um pouco diferentes das originais. A principal diferença é o uso do leite condensado no lugar das gemas”, explica a confeiteira Raianna Amaral, do atelier de confeitaria Rai Gourmet – Brownies & Doces, parceira da Marajoara Laticínios numa série de vídeos de receitas práticas produzidos para as redes sociais da empresa.

A receita da Bala Baiana ou Bala de Vidro é um dos últimos vídeos apresentados por Raianna. O preparo é bem simples, mas se você não tem noção nenhuma de como fazer é só conferir o passo a passo nos perfis da Marajoara no Instagram e no Facebook.

Apesar das variações do recheio, uma característica que se mantém em relação a receita original é a finalização do doce com o caramelo duro. Aliás, é justamente essa parte que dá à iguaria o belo aspecto de uma bala que parece um cristal. Confira a receita.

Bala Baiana

Ingredientes

(Para o recheio de Beijinho)

20 g de coco ralado (de preferência fresco ou úmido)
1 colher de sopa de manteiga
1 caixa de leite condensado Marajoara

(Para a calda dura)

200 g (ou uma xícara de chá) de açúcar cristal
120 ml de água
3 colheres de sopa de vinagre brando (ou vinagre de álcool)

Preparo

(Do Beijinho)
Misture todos os ingredientes numa panela, em fogo médio, e mexa até a massa desgrudar do fundo. Após esfriar, enrole as balas no tamanho que achar melhor.

(A calda)
Junte os ingredientes da calda numa panela e deixe ferver até ficar numa consistência de caramelo líquido com uma cor amarelada. Ainda com a calda fervendo, use um garfo ou palito, e mergulhe os beijinhos enrolados. Deixe esfriar para formar a casquinha cristalizada.



centralrbn

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar