BA

Ato na Sudesb comemora conquista do Prêmio de Serviço Público das Nações Unidas 2021

Logo

Com a presença de alunas, familiares e equipe técnica do projeto social Esporte na Cidade, que oferece aulas de iniciação esportiva de futebol para meninas de 7 a 17 anos, o ato de celebração pela conquista do Prêmio de Serviço Público das Nações Unidas 2021 foi marcado pelos sentimentos de orgulho, emoção e muita alegria.

Realizado na segunda-feira, dia 20, na sede Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego e Esporte (Setre), parceiras da organização social De Peito Aberto que executa o projeto em núcleo que funciona no estádio de Pituaçu, o evento reuniu também vários dirigentes de federações esportivas do estado da Bahia, associações esportivas e parlamentares, a exemplo da deputada federal Alice Portugal e da deputada estadual Olívia Santana.

Prêmio até então inédito para o Governo da Bahia, o projeto social Esporte na Cidade venceu na categoria “Promoção de serviços públicos com perspectivas de gênero para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)”.

Presente ao ato, o secretário da Setre, Davidson Magalhães, fez um rápido resgate histórico sobre a existência do futebol feminino. Ele lembrou, por exemplo o Decreto de Lei de 1941, que, dentre outras regras, limitou as modalidades esportivas liberadas para as mulheres, mas só foi revogado em 1979. “Então, como podem ver, mulher jogar futebol é algo muito recente. Por isso, prêmios como este são de grande valor para quebrar barreiras e dar visibilidade ao futebol jogado por mulheres”, disse o gestor.

Recém-chegado de Dubai, país dos Emirados Árabes e para onde viajou para receber o prêmio em cerimônia organizada pela ONU, no último dia 13/12, o diretor geral da Sudesb, Vicente Neto, não escondia sua emoção pela conquista. “Estamos muito orgulhosos por ter um projeto apoiado pela Sudesb-Setre com o importante selo de reconhecimento da ONU. O recorte de gênero e a continuidade do projeto foram pontos fundamentais para recebermos essa honraria”, destacou o diretor, informando que além de manter o núcleo do projeto em Pituaçu, a partir de janeiro, uma nova unidade para 2022 será aberta no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, atendendo mais 150 meninas.

O projeto social Esporte na Cidade é executado em Salvador pela organização social De Peito Aberto, que comemora, agora em dezembro, 15 anos de funcionamento. Além da parceria da Setre-Sudesb, o projeto Esporte na Cidade é financiado por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, tendo o patrocínio do Itaú, Rede SporTV e White Martins.



Fonte

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br