0

Ao selecionar projetos no IV Rota Festival, Primeiro Tratamento e NPA Curitiba, produtora paulistana ocupa assento de quem escolhe

Produtora do documentário “Chico Rei Entre Nós”, premiado na 44ª Mostra de São Paulo, a Abrolhos Filmes participou entre os dias 25 e 29 de novembro do Encontro de Negócios do IV Rota Festival, em que ocorrem reuniões de roteiristas com diversos agentes do mercado audiovisual para discutir os projetos inscritos. Antes, em 2020, a equipe esteve na Rodada de Negócios do Primeiro Tratamento.

Para a produtora-executiva Laura Barzotto, a atuação em eventos do audiovisual na posição de player reforça o crescimento da Abrolhos no mercado. “Até agora estivemos apenas no lugar de buscar parceiros para nossos próprios projetos. Cruzar a mesa representa um avanço, já que significa ocupar o assento de quem escolhe. Mais do que isso, nos permite conhecer novas pessoas, talentos e ideias. É importante para a produtora sempre alimentar esses contatos”, avalia.

No Rota Festival, a Abrolhos analisou cerca de 120 projetos. Já no Primeiro Tratamento, foram analisados 323, dos quais três já estão com contrato fechado e serão produzidos em 2021. São eles o “Alma Brasileira”, de Pablo Kaschner e Gabriel Meyohas, série documental que trará entrevistas com figuras essenciais da cultura brasileira; “Crônicas de Yara”, de Marcio Barone, série ficcional que conta o drama de uma septuagenária que cuida de sua mãe de 90 anos; e “Wiki”, também de Marcio Barone, série ficcional de detetive e investigação.

A produtora ainda fará parte, em dezembro, de pitchings no Núcleo de Projetos Audiovisuais de Curitiba 2020.

 

centralrbn

Big Data pode reverter histórico de obras públicas paradas no Brasil

Artigo anterior

Parceria AkzoNobel/Tintas Coral, Azul e Embraer cria o avião mais colorido da América do Sul com produção da Dioniso.Ag

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *