Conecte-se conosco

Saúde

83% das brasileiras não sabem que lubrificantes comuns são espermicidas, aponta estudo

Publicado

em

A secura vaginal é a diminuição ou a ausência da umidificação natural da vagina, que serve para proteger e manter a sua elasticidade. Esse muco visa proteger as paredes vaginais e ajuda na excitação feminina, mantendo uma textura macia. Porém, na hora de aliviar a dor, muitas mulheres recorrem ao uso de lubrificantes íntimos comuns.

Porém, essa prática não é bem vista pelos ginecologistas, tendo em vista que os lubrificantes íntimos comuns são espermicidas, ou seja, podem matar ou imobilizar os espermatozoides. E conforme constatado pela Famivita em seu mais recente estudo, 83% das brasileiras não sabem o mal que os lubrificantes íntimos comuns podem fazer nas suas tentativas de gravidez.

Entre os estados brasileiros, Mato Grosso do Sul está no topo da lista das mulheres que sabem sobre o fato de lubrificantes comuns serem espermicidas. Já no Rio de Janeiro e em São Paulo esse percentual cai para 18% e 16%, respectivamente. Alagoas e Maranhão estão entre os que menos sabem desse fato, com pelo menos 11% das participantes.

Porém, existe uma solução para as tentantes que sofrem com secura vaginal (46%), mas que não podem usar lubrificantes comuns. Que é o gel específico para engravidar, com pH neutro, esse gel oferece às mulheres a oportunidade de realizar seu sonho de ser mãe mais rapidamente. E já que o uso de lubrificantes comuns também não é uma prática bem vista pelos ginecologistas, pois a falta de lubrificação adequada, pode ser um dos fatores que levam as mulheres a não conseguirem engravidar; é sempre bom recorrer ao FamiGel que é natural, e possui um pH neutro.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA