Lutas

Washington Luis coloca como meta para 2021 alcançar Top 3 do Ranking da IBJJF

Washington Luis coloca como meta para 2021 alcançar Top 3 do Ranking da IBJJF

Faixa-preta encerrou último ano com bicampeonato do Mundial Master

Aos 32 anos, Washington Luis tem brilhado no cenário norte-americano de Jiu-Jitsu. O atleta que representa a GF Team Texas participou de poucas competições no ano passado, devido a pandemia imposta pelo novo coronavírus, porém, mesmo assim conseguiu deixar a sua marca nos torneios que disputou.

Prata no Pan No Gi e Bicampeão do Mundial Master, o faixa-preta falou sobre as dificuldades de conciliar as aulas que ministra com os treinos de alta performances nos EUA:

— Não temos muito tempo para conciliar os treinos de alta performance com as aulas aqui nos EUA, mas na medida do possível procuro estar sempre treinando com os alunos e com meus professores Marcus Bello e Ricardo Evangelista — declarou Washington.

Washington Luis coloca como meta para 2021 alcançar Top 3 do Ranking da IBJJF

Natural da cidade do Rio de Janeiro, o faixa-preta foi um dos grandes destaques do Mundial Master que aconteceu na cidade de Kissimmee, na Flórida (EUA).

Vivendo grande fase na carreira, o atleta atualmente ocupa a quarta colocação no ranking faixa-preta da IBJJF, categoria Master. De olho em voos ainda mais altos na carreira, o atleta espera iniciar o calendário de competições de 2021 com o pé direito:

— Pretendo lutar um campeonato local daqui da cidade, o Houston Open da IBJJF, a expectativa para esse torneio é me testar em diferentes situações do meu jogo.

Representante da Furia Training Center / GF Team e da “O Athletik Gym”, o atleta ainda soma na carreira alguns títulos do Grand Slam da IBJJF, além de inúmeros Opens. Aguardando o calendário de competições da IBJJF ser definido para 2021, Washington falou sobre as principais metas que tem para o ano, tanto nas principais competições, quanto no Ranking da IBJJF:

— Estou esperando a IBJJF publicar o cronograma de competições do ano para focar nos torneios mais importantes como o Mundial Master, o Pan GI e NO GI, e as competições da AJP, também pretendo conseguir ficar entre os três primeiros do Ranking da IBJJF ao fim de 2021 — finalizou o faixa-preta.

Nos EUA, onde reside e treina ao lado dos mestres Ricardo Evangelista e Marcus Bello, o lutador espera obter conquistas ainda maiores do que no ano passado em 2021.