0

A VMware, Inc. (NYSE: VMW) anuncia atualizações de portfólio para ajudar os clientes a modernizar suas aplicações e infraestrutura. As novas versões do vSphere 7 e do vSAN 7 auxiliarão as equipes de TI a oferecer suporte a aplicações novas e existentes com infraestrutura pronta para desenvolvedores e IA; escalabilidade sem compromisso; aumento na infraestrutura e segurança dos dados; além de simplificação das operações.

“As companhias de infraestrutura estão correndo para oferecer suporte a novas aplicações em contêiner, como cargas de trabalho de IA avançadas, sem comprometer a segurança”, afirma Lee Caswell, vice-presidente de marketing da unidade de negócios de Plataforma de Nuvem da VMware. “A companhia está ajudando os administradores do vSphere a expandir sua influência além das aplicações virtualizadas tradicionais para novos ambientes de IA corporativa, por meio de nossa parceria com a NVIDIA, para casos de uso de HCI de alta capacidade com HCI Mesh do vSAN e para cargas de trabalho em contêiner sensíveis à segurança que podem se beneficiar do SEV – recurso de segurança ES em processadores AMD EPYC. Esses novos recursos permitem que a infraestrutura atenda perfeitamente ao ritmo acelerado das mudanças nas aplicações”.

Infraestrutura pronta para desenvolvedores e IA para o avanço dos negócios digitais

A VMware também anuncia a próxima etapa de sua colaboração com a NVIDIA para fornecer a plataforma AI-Ready Enterprise, que combina o software de virtualização líder da indústria do VMware vSphere  e a inovação do pacote NVIDIA AI Enterprise. As atualizações incluem:

  • A NVIDIA certificou com exclusividade o novo lançamento do VMware vSphere 7 Update 2 para o conjunto NVIDIA AI Enterprise, uma coleção de aplicações e estruturas de IA nativa da nuvem otimizada, para uma solução de IA de ponta a ponta;
  • O vSphere 7 Update 2 apresenta suporte para as GPUs NVIDIA A100 Tensor Core em NVIDIA-Certified SystemsTM, que, com o NVIDIA AI Enterprise, permite que os clientes incorporem uma solução de IA de ponta a ponta, com confiança, em sua plataforma de virtualização corporativa existente, em vez de executar projetos de IA em silos de TI não gerenciáveis;
  • Os clientes também podem incorporar a última geração de GPUs NVIDIA em seu ambiente virtual e aproveitar recursos como GPU multi-instância (MIG), permitindo que os ciclos de GPU sejam compartilhados entre vários usuários; o vSphere vMotion, para fornecer migração ao vivo para operações sem interrupções; e o vSphere Distributed Resource Scheduler (DRS) para posicionamento inicial automático da carga de trabalho para evitar gargalos de desempenho.

“O NVIDIA AI Enterprise é um pacote de software otimizado, certificado e compatível com VMware vSphere que permite aos clientes implantar, gerenciar e adicionar IA em produção rapidamente com confiança”, diz Justin Boitano, vice-presidente e gerente geral de Enterprise e Edge Computing da NVIDIA. “Por meio da colaboração da NVIDIA com a VMware, os profissionais de TI agora podem oferecer suporte às equipes de negócios com as ferramentas de IA mais confiáveis do setor em sua infraestrutura de nuvem híbrida.”

“A IA desempenha um papel cada vez mais importante nos serviços baseados em dados que a Optum fornece para a United Healthcare”, aponta Justin Potuznik, engenheiro principal sênior da Optum Technology. “Com o software AI Enterprise da NVIDIA e a infraestrutura em execução em nosso ambiente VMware vSphere, poderemos alimentar nossas cargas de trabalho de aplicações modernas e implantar IA com eficiência em escala corporativa.”

Em setembro de 2020, a VMware lançou o vSphere with Tanzu para entregar Kubernetes a milhões de administradores de TI em todo o mundo. A atualização mais recente oferece uma experiência de aplicação mais rápida, escalável e segura, incluindo o VMware NSX Advanced Load Balancer Essentials como parte da solução. Isso fornece aos clientes balanceamento de carga L4 compatível com VMware para clusters Kubernetes com automação nativa Kubernetes e caminho de atualização contínuo para todos os recursos do NSX Advanced Load Balancer Enterprise Edition. Para ajudar as empresas a se manterem atualizadas com o Kubernetes, o vSphere with Tanzu inclui um Supervisor atualizado com a versão 1.19 do Kubernetes apresentando melhorias relevantes para simplificar as atualizações e levar mais previsibilidade e estabilidade geral. Os clientes podem, ainda, comprar qualquer edição do VMware Tanzu   como um complemento do vSphere, que lhes dá o direito de executar Kubernetes como parte do ambiente vSphere.

Em fevereiro deste ano, a VMware anunciou a disponibilidade geral do Cloudian HyperStore e MinIO Object Storage na plataforma vSAN Data Persistence, que permite aos clientes implementarem e realizarem armazenamentos de objetos compatíveis com S3 de maneira eficiente para suas aplicações nativas de IA/ML e nuvem diretamente da onipresente plataforma de nuvem híbrida VMware Cloud Foundation with Tanzu.

Escale com maior eficiência com o HCI Mesh aprimorado

Com mais de 30.000 clientes, o VMware vSAN reduz o custo e a complexidade do armazenamento tradicional e fornece o caminho mais simples para a nuvem híbrida. Agora, o vSAN 7 Update 2 oferece HCI Mesh aprimorado, com abordagem única baseada em software para desagregação de recursos de computação e armazenamento, inicialmente anunciada no vSAN 7 Update 1. Esta nova versão aborda um conjunto mais amplo de casos de uso, especialmente para os clientes que procuram aumentar a eficiência dos recursos além de seu ambiente vSAN existente. Ela permite que os clusters de computação, ou clusters não-HCI, usem remotamente o armazenamento de um cluster vSAN dentro do data center, permitindo que os usuários escalem a computação e o armazenamento de forma independente para atender às necessidades de aplicações dinâmicas ao mesmo tempo em que se beneficiam da simplicidade operacional do VMware HCI. O lançamento inicial do HCI Mesh possibilitou que vários clusters vSAN independentes compartilhassem capacidade dentro do data center, permitindo a utilização de recursos extras, oferecendo simplicidade de gerenciamento HCI em escala e dimensionamento flexível do armazenamento vSAN.

O vSAN 7 Update 2 também apresenta novos recursos para oferecer melhor suporte a várias topologias físicas, como o reconhecimento de DRS integrado de configurações de cluster estendido para desempenho mais consistente em failback e suporte de serviços de arquivo vSAN para clusters estendidos e clusters 2-node.

“Capacidade de dados suficiente e escala de desempenho são essenciais para garantir a operação tranquila da aeronave durante o processo de produção”, explica Pavel Struhár, CIO da Aircraft Industries. “O VMware vSphere e o vSAN oferecem armazenamento de dados eficiente para os principais sistemas de produção e nos fornecem a segurança de dados que precisamos. Além disso, o HCI Mesh nos permite dimensionar ambientes VMware com mais flexibilidade operacional e responder com flexibilidade e rapidez aos crescentes requisitos de desempenho. ”

A VMware continua a fornecer recursos que impulsionam o desempenho do vSAN, incluindo vSAN sobre Remote Direct Memory Access (RDMA) e aprimoramento da codificação de eliminação RAID ⅚, que melhora a utilização da CPU e o desempenho da aplicação para determinadas cargas de trabalho.

“A Amway usa o vSAN 7 para fornecer armazenamento em ambientes diversos e de alta demanda, incluindo nossos clusters VDI e Oracle RAC ”, declara Jason Montgomery, engenheiro sênior de sistemas da Amway Corp. “O vSAN e o vSphere sustentam todo este ambiente HCI. Prevemos que a plataforma Amway Private Cloud 2.0 será atualizada para vSAN 7 Update 2 no período de março/abril e estamos ansiosos para explorar como o vSAN sobre RDMA e outras novas funções pode ser usado para melhorar o desempenho e utilização de recursos.”

Impulsionando a infraestrutura e segurança de dados

Para ajudar a melhorar a postura geral de segurança das aplicações baseadas em contêiner, o vSphere 7 Update 2 apresenta Confidential Containers para vSphere Pods em servidores baseados no processador AMD EPYC™ usando Secure Encrypted Virtualization-Encrypted State (SEV-ES). Para ambientes VM tradicionais, o vSphere 7 Update 2 agora inclui o vSphere Native Key Provider, que oferece recursos básicos de servidor de gerenciamento de chaves (KMS), tornando muito mais fácil para os clientes habilitar a criptografia e funcionalidades avançadas de segurança prontas para uso. Além disso, o vSphere 7 Update 2 inclui validação FIPS dos serviços do VMware vCenter Server, bem como guias de auditoria do produto vSphere atualizadas para tornar mais fácil para os clientes atender aos requisitos regulamentares e realizar auditorias.

 

Ana Lúcia

Romulo Fróes apresenta o repertório de seus seis discos solo em edifícios e espaços públicos de São Paulo no projeto “Agora é minha voz”

Artigo anterior

Campeonato Capixaba é suspenso por 14 dias

Próximo artigo

COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar