Conecte-se conosco

Negócios

Valid inicia operação de emissão de certificado digital na Colômbia

Publicado

em

A Valid, multinacional brasileira especializada em identificação, avança em sua operação internacional e chega à Colômbia para emitir certificados digitais aos cidadãos e profissionais colombianos.

Após um processo de dois anos com envolvimento de várias equipes de trabalho e o investimento de importantes recursos, em fevereiro deste ano a Valid conquistou seu credenciamento junto ao Organismo de Acreditação da Colômbia (ONAC), autoridade de confiança que verifica a identidade das pessoas e toma a decisão de emitir um certificado digital.

German Martinez, vice-presidente de Vendas da América Latina, destaca que na Colômbia a PKI – Public Key Infrastructure não vem do governo, trata-se de uma iniciativa privada de entidades cujo objetivo é o negócio de identificação digital. No entanto, o papel do governo é promover e estruturar um ambiente competitivo e saudável para o desenvolvimento digital no país.

A ONAC é uma entidade sem fins lucrativos, encarregada de controlar as entidades que desejam ter autoridade de certificação em qualquer setor. O sistema de identificação digital funciona com base nas normas colombianas que controlam estritamente a verificação digital e as entidades de certificação para a prestação de serviços de gerenciamento de identidade.

Existem muitas formas de oferecer um serviço de verificação de identidade e emissão de assinaturas digitais como, por exemplo, a integração com plataformas existentes de empresas que pretendem gerar os seus fluxos documentais incluindo assinaturas digitais que já possuem uma verificação prévia da identidade de quem o assina.

Segundo o executivo, os certificados digitais comercializados na Colômbia são para pessoas físicas e jurídicas, mas o target comercial da Valid está dirigido principalmente às empresas, já que existe grande necessidade de ter assinaturas digitais pelo alto volume de uso. “Além disso, está sendo gerada uma tendência promovida pelo governo para que as organizações utilizem as vantagens tecnológicas que o mercado possui”.

Martinez ressalta que o governo colombiano tem um projeto muito interessante chamado ‘Gobierno en Línea’, que reúne outras iniciativas para melhorar a operação das entidades públicas, tais como a ‘Carpeta Ciudadana’. Nesta última, o governo propõe centralizar a informação de identificação dos cidadãos em uma única base de dados que é consultada pelas entidades públicas de saúde, segurança, polícia, entre outros. “Toda a documentação que esses entes públicos exigem para a emissão aos cidadãos deve ter assinatura digital. Para exemplificar, quando uma pessoa precisa comprovar sua afiliação a uma entidade de saúde, deve ter uma certificação assinada digitalmente”.

“Já estamos em outros países como em Honduras e esperamos expandir ainda mais nossa atuação internacional, já que temos a expertise para adaptar os certificados digitais as características e à legislação de cada país”, finaliza Martinez.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA