0

A empreendedora e confeiteira Tábata Romero ensina em sete passos como transformar doces em renda, de maneira fácil e lucrativa, com dicas de planilhas e fórmulas para ajudar a fazer os cálculos

Iniciar um negócio, além da oportunidade de gerar renda, estimula o empoderamento e o crescimento da autoestima, sobretudo em tempos de crise, em que iniciativas precisam ser tomadas para manter as contas em dia. Para obter sucesso, é fundamental ter lucratividade e o primeiro passo é precificar adequadamente.

Por isso, a empreendedora e confeiteira Tábata Romero, que se tornou sucesso nas redes sociais por influenciar mulheres a conquistarem a independência financeira, apresenta todos os passos para iniciar o negócio. O conteúdo é da plataforma de cursos gratuitos Meu Plano D e ensina como saber o  custo do produto e o valor da mão de obra, como obter lucro e fazer a organização financeira, essencial para o reinvestimento e a continuidade do negócio, além de compartilhar planilhas e fórmulas simples para ajudar a fazer os cálculos.

Confira abaixo sete dicas para precificar doces para a venda.

  1. Faça a conversão da receita. É o primeiro passo da precificação e deve considerar todos os ingredientes em gramas, em vez de xícaras e colheres, que devem ser devidamente pesados. O açúcar e a farinha, que vêm em quilos no pacote, devem ser convertidos em gramas também. No caso de litros, leve em consideração que 1 litro pesa 1kg, ou seja, 1000gr.
  2. Crie a ficha técnica da receita: Para entender o custo real da receita, é necessário criar uma tabela com cinco colunas, divididas em: (A) ingredientes, (B) peso da embalagem fechada, (C) preço da embalagem fechada, (D) quantidade utilizada e (E) preço final. Para chegar ao preço final, use a seguinte fórmula na calculadora do próprio celular: D vezes (x) C dividido (÷) por B resulta (=) em E para cada ingrediente. No fim, some o total para chegar ao preço final da receita completa. Dica: leve em consideração a quantidade precisa de produtos que é utilizada na receita.
  3. Definição do preço de venda da receita. É necessário considerar o custo inicial da receita e adicionar 25% para os gastos incalculáveis, como água, energia elétrica e até mesmo o detergente usado para lavar a louça, e a taxa de desperdício, como um pedacinho de bolo que pode ficar preso na forma. Agora, multiplique por três para incluir a mão de obra e o lucro. Assim, estão cobertos todos os investimentos realizados na receita. Quando as receitas possuem rendimento por porções, como pães de mel, é necessário dividir o total pelo número de unidades para obter o preço mínimo de cada um. Por fim, adicione o custo integral da embalagem.
  4. Avaliação da estimativa de preço e lucro. Ainda que o custo mínimo, por exemplo, seja em torno de R$ 1,80 para cada unidade de pão de mel, é recomendado avaliar os preços praticados na região. Em média, é possível precificar entre R$ 3 e R$ 4. Assim, se chega à margem de lucro. Dica: nunca precifique abaixo do preço de venda da receita, caso contrário, não existirá lucratividade.
  5. Caso você queira ampliar a produção e a distribuição dos seus produtos, encontre um parceiro que possa oferecer o produto aos seus clientes. O revendedor pode vender pelo preço que você já comercializa ou mais caro. Para se chegar ao custo mínimo para a revenda, é necessário dividir o custo final da receita por três, levando em consideração que o lucro, mão de obra e os ingredientes estão incluídos e dar desconto a partir da fatia de lucro. Não se esqueça de repassar também o custo da embalagem. A revenda é uma ótima alternativa, pois se perde um pouco da fração do lucro, mas se ganha na venda em escala.
  6. Como organizar o reinvestimento. Para o crescimento do negócio, é necessário organizar o valor total acumulado a partir das vendas. O primeiro passo é dividi-lo por três, considerando os custos, a mão de obra e o lucro. A parte correspondente aos custos pode ser alocada  para a compra de novos ingredientes, enquanto a de mão de obra pode ser destinada para o pagamento das contas de água, luz e outras que fazem parte da produção. Já a fração de lucro pode ser investida para o crescimento do negócio. O gerenciamento financeiro evita que o dinheiro necessário para a compra de novos ingredientes seja diluído em meio a outros gastos pessoais, inviabilizando o negócio.
  7.  Faça cursos e se aperfeiçoe. Invista tempo aprendendo novos recursos e aperfeiçoe suas técnicas. Uma excelente alternativa para quem deseja conhecer ou se especializar no mercado de doces é a plataforma de cursos gratuitos Meu Plano D. Basta acessar a plataforma para ter acesso às videoaulas, que têm duração entre 10 e 20 minutos. Nos cursos, é possível absorver inspirações, técnicas, dicas e receitas desenvolvidas e testadas por especialistas para uma nova jornada empreendedora. O curso de precificação completo está disponível na plataforma, além de outros, como boas práticas de produção, receitas diversas e como vender os seus doces usando as redes sociais.

Agora que você já sabe mais sobre como obter lucro e prosperar no seu negócio com doces, que tal colocar a mão na massa e preparar uma receita de Pão de Mel, que renderá 25 unidades? Acesse o curso no Meu Plano D para baixar as planilhas e fórmulas e aproveite a oportunidade de aplicar os novos conhecimentos.

Confira abaixo como fazer:

Pão de Mel

Ingredientes:
Para a massa:
260 g ou 2/3 de xícara (chá́) de leite condensado
30 g ou 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
130 g ou ½ xícara (chá́) de mel
75 g ou 1 e ½ colheres (sopa) de manteiga
50 g ou ½ xícara (chá́) de Chocolate em Pó Selecta Namur 50% Cacau
6 g ou 1 colher (sopa) de canela em pó́
6 g ou 1 colher (sopa) de cravo em pó́
1 pitada de noz-moscada
125 ml ou ½ xícara (chá́) de leite
4 gemas
4 claras
10 g ou 1 colher (sopa) de fermento em pó́
5 g ou ½ colher (sopa) de bicarbonato de sódio
250 g ou 1 e ½ xícaras (chá́) de farinha de trigo

Para o recheio:
Recheio Sabor Chocomalte Selecta Namur a gosto

Para a cobertura:
600 g ou 3 xícaras (chá́) de Cobertura Sabor Chocolate Ao Leite Selecta Supreme em Gotas

Modo de preparo:
– Para a massa, derreta a manteiga no micro-ondas e misture o leite condensado, o açúcar mascavo, o mel, o chocolate em pó́, a canela, o cravo em pó́, a noz-moscada, o leite e as gemas. Mexa com um fouet. Adicione aos poucos a farinha de trigo peneirada, o fermento e o bicarbonato de sódio. Bata as 4 claras em neve e agregue à massa. Asse em forno preaquecido a 170 °C por, em média, 20 minutos.
– Para o recheio, corte os pães de mel em discos de 4 a 5 cm de diâmetro com o auxílio de um cortador redondo. Recheie a gosto com o recheio sabor chocomalte. Leve para gelar enquanto prepara a cobertura para banhá-los.
– Para a finalização, derreta a cobertura seguindo as instruções descritas na embalagem. Com o auxílio de um garfo, banhe na cobertura os pães de mel recheados e leve para gelar por 10 minutos ou até que a cobertura cristalize. Finalize decorando.

Sobre o Meu Plano D

Meu Plano D é uma plataforma com cursos gratuitos, que equilibra conteúdos de conhecimento teórico e prático de maneira simples, a partir de inspirações, técnicas, dicas e receitas desenvolvidas e testadas por especialistas para uma nova jornada empreendedora, transformando doce em renda. A intenção é transformar a vida das pessoas, gerando oportunidades e tornando em realidade o sonho do próprio negócio no segmento de doces e confeitaria. A iniciativa é da Selecta Chocolates e da Mix, marcas de ingredientes de confeitaria e chocolataria da Duas Rodas, empresa líder brasileira na fabricação de aromas e produtos para a indústria de alimentos e de bebidas. Para mais informações sobre os cursos, acesse: www.meuplanod.com.

Sobre a Duas Rodas

Presente em mais de 30 países, a Duas Rodas atua há 95 anos na fabricação de ingredientes para as indústrias de alimentos e de bebidas no Brasil e no mundo. Com mais de 10 mil clientes, a empresa possui um portfólio com cerca de 3 mil itens divididos em três grandes mercados: o de Flavors, com aromas, extratos naturais, desidratados, condimentos e aditivos e soluções integradas; o de Food Service, com produtos de sorvetes, chocolates, confeitaria e panificação, com as marcas Specialitá, Selecta e Mix; e o de Animal Nutrition, com ingredientes de nutrição animal da marca Statera. Líder brasileira na fabricação de aromas e produtos para a indústria de alimentos e de bebidas, a Duas Rodas foi fundada por imigrantes alemães em Santa Catarina, onde funciona ainda hoje sua sede principal. A companhia conta atualmente com outras duas fábricas no Brasil (Sergipe e São Paulo), quatro na América Latina (Argentina, Chile, Colômbia e México), além de sete centros de pesquisa e desenvolvimento e um Innovation Center. Sustentabilidade é uma das estratégias de atuação da empresa, que conta com produtos com certificações internacionais Kosher, Halal, Produtos Orgânicos e Fair for Life, além de FSSC 22000 e SMETA.

centralrbn

Ponte entre Madre de Deus e São Francisco do Conde passará por recuperação

Artigo anterior

Copa Brasil de Vela reúne melhores atletas do País no Rio de Janeiro (RJ)

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Negócios