Conecte-se conosco

Tecnologia

No Dia da Terra, entenda a importância da eficiência energética nos processadores

Publicado

em

Anualmente, é celebrado no dia 22 de abril o Dia da Terra. A data traz consigo a importância de se refletir sobre o desenvolvimento sustentável, a biodiversidade e o meio ambiente como um todo. Em meio a um passado de poluição, desmatamento e uso indiscriminado de recursos naturais, o atual momento da tecnologia pode contribuir positivamente para uma melhora deste cenário.

Estas são inovações que podem atuar diretamente aprimorando a preservação ambiental e dando suporte para que as empresas, sejam elas pequenas, médias ou grandes, cresçam de forma sustentável.

Em 2014, a AMD estabeleceu uma grande meta, comprometendo-se a oferecer pelo menos 25 vezes mais eficiência energética até o ano de 2020. Passados quase seis anos, em junho de 2020, a empresa anunciou que havia superado a marca em 31,7 vezes mais eficiência, por meio do seu processador móvel AMD Ryzen 7, junto da placa de vídeo Radeon Vega.

Cálculo – A taxa da eficiência energética dos processadores é determinada pela quantidade de trabalho realizado por unidade de energia consumida. Para atingir a meta de 25×20, a AMD concentrou as melhorias no desenvolvimento de uma arquitetura system-on-chip (SoC) altamente integrada e eficiente, recursos aprimorados de gerenciamento de energia em tempo real, e otimizações de energia na matéria-prima.

Benefícios – Para o usuário, maior vida útil da bateria e melhor desempenho, e para o planeta, menores gastos de energia e menor impacto ambiental da computação. O tempo médio de computação para uma determinada tarefa com o processador Ryzen foi reduzido em 80% de 2014 a 2020, enquanto também alcançou uma redução de 84% no uso de energia. Ou seja, ao longo de uma vida útil de três anos, isso equivale a economizar aproximadamente 1,4 milhão de kW/h em eletricidade e 971 mil kg em emissões de carbono, o equivalente a 16 mil árvores cultivadas ao longo de 10 anos.

Outro recurso – Além dos processadores Ryzen, a AMD oferece ainda o recurso inteligente Radeon Chill, destinado a economizar energia e aumentar a duração da bateria para as placas de vídeo Radeon™. O recurso mantém o sistema funcionando de maneira fria e silenciosa, regulando as taxas de quadros com base nos movimentos do jogo. Durante movimentos intensos, o Radeon Chill executa a taxa de quadros (FPS) até um limite definido, enquanto em casos em que não há movimento na tela, o FPS é reduzido automaticamente para economizar o consumo de energia.

Como um empresário, gamer ou um usuário casual, é essencial pesquisar produtos e equipamentos que otimizem processos, conhecendo os ganhos e economias que serão realizados com a aquisição desses dispositivos. Optar por processadores e placas gráficas eficientes energeticamente é uma oportunidade de gerar produtividade e eficiência no curto prazo, além de economia financeira, energia e melhor impacto ambiental no longo prazo.

A AMD trabalha constantemente para garantir a melhor experiência para seus clientes junto a um impacto responsável e eficiente no meio ambiente. A meta de eficiência energética da companhia está disponível no site da AMD.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA