Mykki Blanco compartilha novo remix de “That's Folks (ft. Big Freedia)” de Kiddy Smile

Mykki Blanco compartilha hoje um novo remix de “That’s Folks (ft. Big Freedia)” do produtor, vocalista, DJ, performer, guerreiro de ballroom e ícone LGBTQ+ francês Kiddy SmileProfundamente influenciado pela sensação lenta da house music dos anos 80 e 90 e o legado fabuloso da cena de Ballroom, Kiddy Smile procura espalhar o amor retrô em suas batidas. Ouça seu remix AQUI.

Mykki disse sobre o remix: “Paris é uma cidade que significa tantas coisas diferentes para tantas pessoas diferentes. Quando penso na cidade das luzes, o lugar que chamei de lar durante a segunda metade da pandemia, penso nas batidas ruidosas do produtor, DJ e ícone do ballroom parisiense Kiddy Smile. Um amigo de longa data, Kiddysmile é um pioneiro musical que mistura vogue, house e club em uma saccharine melange perfeita para uma noite climática em uma passarela no telhado de um prédio alto, ou em um porão de luz vermelha entregando-se ao ritmo. Eu sabia que Kiddy estaria à altura da tarefa de fazer minha faixa poderosa “That’s Folks” com Big Freedia ir para fora das pistas de danças e entrar nos ballrooms brilhantes da cena de vogue parisiense. Eu dou ao remix de “That’s Folks” de Kiddy nota 10 em todos os sentidos!”

“That’s Folks”, com a estrela de Nova Orleans de voz poderosa Big Freedia, é retirado do aclamado mini álbum de Mykki Blanco Broken Hearts & Beauty Sleep, que foi lançado digitalmente no verão pela Transgressive Records. O mini álbum também estará disponível em formatos físicos pela primeira vez a partir de 19 de novembro de 2021 – pré-encomende aqui.

Mykki Blanco está atualmente em sua primeira turnê no Reino Unido e na Europa em mais de dois anos, e toca em uma série de datas regionais em todo o Reino Unido antes de chegar ao Village Underground de Londres em 10 de novembro, como parte da primeira edição do Pitchfork Music Festival London. Essas próximas apresentações proporcionarão aos fãs a oportunidade de experimentar a estreia de Mykki no palco com uma formação completa de banda ao vivo, que inclui instrumentistas e vocalistas de apoio. Esta nova performance de palco expandida permitirá que Mykki realmente faça justiça à nova música deste próximo capítulo de sua carreira, e os fãs também devem ficar prontos para esperar que a artista execute uma coleção de seus clássicos anteriores com uma formação completa ao vivo pela primeira vez. Mykki será acompanhada na turnê por Coucou Chloe.

Todas as datas estão listadas abaixo e todos os detalhes dos shows estão disponíveis aqui.

Qua, 3 Nov 2021: Glasgow, UK – Stereo
Qui, 4 Nov 2021: Manchester, UK – YES
Sex, 5 Nov 2021: Dublin, IE – Lost Lane
Sáb, 6 Nov 2021:  Liverpool, UK – 24 Kitchen Street
Ter, 9 Nov 2021: Leeds, UK – Belgrave Music Hall
Qua, 10 Nov 2021: London, UK – Village Underground (Pitchfork Music Festival London)
Sex, 12 Nov 2021: Basel, CH – Kaserne
Sáb, 13 Nov 2021: Berlin, DE – Volksbühne – SOLD OUT
Seg, 15 Nov 2021: Paris, FR – La Maroquinerie
Ter, 16 Nov 2021: Amsterdam, NL – Bitterzoet
Qua, 17 Nov 2021: Brussels, BE – VK
Sáb, 27 Nov 2021: Hamburg, DE – Kampnagel

Passou-se pouco mais de uma década desde que o apelido ‘Mykki Blanco’ foi criado – primeiro como um projeto de videoarte retratando uma personagem feminina adolescente postando vlogs e raps nas redes sociais, mas inevitavelmente evoluiu para um veículo de autodescoberta na jornada da artista de formar sua autoidentidade pessoal.

Mykki levou o hip-hop a alguns de seus limites mais sem amarras, combinando ruídos e elementos experimentais com sons de club e trap, ao mesmo tempo que forjou um caminho exclusivamente subversivo, dentro de um gênero historicamente enredado em uma teia ideológica problemática de misoginia, homofobia e transfobia. E embora Blanco tenha sido amplamente reconhecida por liderar a carga como uma pioneira no chamado subgênero ‘rap queer’, a música deste próximo capítulo de sua carreira representa uma evolução musical significativa para erradicar os limites das categorias de gênero, e destruindo a percepção anterior de seu potencial alcance.

O desejo de Mykki de elevar sua arte forneceu a força vital para Broken Hearts & Beauty Sleep. Para este fim, a parceria única que formou com o produtor FaltyDL – que tem sido contínua desde que eles começaram a colaborar em 2018 – foi fundamental no processo criativo em torno do mini álbum. Com Blanco escrevendo a maioria das letras, FaltyDL produziu quase todas as músicas. Samples tornaram-se uma coisa do passado e, em seu lugar, sons e camadas originais prevaleceram. A energia criativa também foi encontrada com os nomes em negrito que contribuíram para a criação de Broken Hearts & Beauty Sleep, incluindo “It’s Not My Choice”, que tem participação de Blood Orange. Duas das faixas do LP apresentam colaborações líricas – Big Freedia contribuiu para “That’s Folks”, e “Summer Fling” foi coescrita por Kari Faux. A lista completa de créditos está abaixo. Todas essas colaborações são orgânicas, sendo cada convidado um verdadeiro fã, um amigo ou mesmo família de Blanco. Coletivamente, eles adicionam floreios únicos, mas o espírito do mini álbum é todo de Mykki.

A evolução de Blanco e o caminho para Broken Hearts & Beauty Sleep refletem uma artista que nunca esteve mais em contato com seus impulsos criativos, e nunca mais pronta para se deleitar com a magia de sua própria criatividade. Mykki diz: “Para mim, sou uma daquelas artistas que muitos diriam que percorreu o caminho mais longo para chegar onde estou agora, mas foi essa jornada que foi a recompensa, porque a jornada realmente foi minha vida; a carreira foi apenas a camada externa para as coisas mais profundas que experimentei, e só posso estar aqui agora por causa desta jornada.”

Assista ao clipe de aqui “Free Ride” aqui.
Assista ao clipe de “It’s Not My Choice” feat. Blood Orange aqui
.