Lançamento

Mandale Mecha faz baile latino mesclando ritmos regionais, trap e pop eletrônico no álbum “Maracuyá-Azedo”

Mandale Mecha faz baile latino mesclando ritmos regionais, trap e pop eletrônico no álbum “Maracuyá-Azedo”

Banda formada entre a Argentina e o Brasil, Mandale Mecha celebra suas múltiplas raízes com o lançamento de seu segundo disco, “Maracuyá-Azedo”. Esta é a primeira parte de um álbum duplo, somando 20 faixas, que o grupo prepara ainda para este ano. O lado A será seguido pelo lado B, “Maracuyá-Doce”, previsto para setembro. O ousado projeto chega às plataformas de música mundialmente pelo selo espanhol Raso Estúdio.

Ouça “Maracujá-Azedo”: https://bit.ly/Maracuya-Azedo

“A fruta e a flor do maracujá (maracuyá em espanhol) representam muito bem o conceito desse novo trabalho. Colocando em harmonia o doce e o azedo nas composições e sonoridade, o disco é um convite à ‘fruta da paixão’, afrodisíaca, azeda e ao mesmo tempo calmante, charmosa e tropical que te transportará para qualquer praia do Brasil num piscar de olhos”, resume o grupo.

O disco vem para celebrar o ótimo momento de Mandale Mecha, uma banda improvável que desafia fronteiras – tanto de gêneros musicais, quanto geográficas. O grupo é formado pela cantora argentina radicada em Florianópolis, Michu Mendez (Petit Mort, Muñoz, Menage); e pelos músicos Chico Abreu (Skrotes, Los Desterros, Carolino), Juliano Parreira e Gustavo Koshikumo (ambos do ATR, AQUAmono e Deep Leaks).

O resultado é uma obra plural e sem amarras, em que Mandale Mecha abraça a festa com ritmos dançantes, porém sem abrir mão de letras empoderadoras, que cantam a libertação dos corpos femininos. Esta nova fase vem numa sequência de muitos lançamentos para a banda, que começou na pandemia e, neste meio tempo, já chegou à trilha sonora do sucesso mundial da Netflix, a série espanhola “Valéria”, com a faixa “Papi”.

“Ficken und Kiffen”, o álbum de estreia de Mandale Mecha, nasceu em outubro de 2020, trazendo um pouco de alegria, latinidade e ares tropicais para se refugiar durante o isolamento social. Ao longo de 2021, a banda lançou 7 singles mostrando todas as facetas de gêneros musicais que convivem no seu DNA , com letras atravessadas pelo espírito de luta e empoderamento da mulher. É o caso de “El sol”, feat com Mulamba que conquistou muitos corações latinoamericanos.

Agora, o quarteto retorna com 20 músicas produzidas durante 2021 e o começo de 2022 e que trazem um furacão de emoções traduzidas nas melodias e ritmos plurais que caracterizam a banda, passando por emo trap, reggaeton, jazz, hip-hop, música eletrônica e dançante, e cultura rock, com letras sensuais, quentes, contagiosas e de luta, em espanhol, português e inglês.

O novo baile plural e dançante de Mandale Mecha já está disponível para streaming nas principais plataformas de música.

Mandale Mecha faz baile latino mesclando ritmos regionais, trap e pop eletrônico no álbum “Maracuyá-Azedo”

 

Tracklist

The Fever

No Te Creas Que Soy Lassie

Moçamba

Rainfalls

Turbo Love Bomb

More Sugar

Conmibum

27 Hours

Calcinha

Velociraptores

 

Ficha técnica

Produzido por Mandale Mecha

Letra e voz: Michu Mendez

Programação e guitarra: Gustavo Koshikumo

Programação e teclado: Juliano Parreira

Programação e baixo: Chico Abreu

Saxofones em “Rainfalls”: Mauro Fontoura e Éder Araújo

Mixagem e masterização: Deep Leaks

Arte da capa: Felipe Parucci

Selo: Raso Estúdio

 

Siga Mándale Mecha

http://www.instagram.com/mandalemecha_br