Conecte-se conosco

BA

Lauro de Freitas suspende vacinação por falta de doses

Publicado

em

O segundo dia de vacinação contra a Covid de profissionais da educação em Lauro de Freitas foi marcado por pedidos de celeridade no envio das doses. No final do dia, depois de 1.556 doses aplicadas e zerar o estoque, a vacinação foi suspensa para todos os públicos.

A prefeita Moema Gramacho, esteve no drive do Aracuí para conversar com os munícipes e cumprimentar os profissionais de saúde que, de acordo com ela, estão empenhados na celeridade da aplicação das vacinas. A gestora fez um apelo ao governo federal pelo envio de lotes e criticou as poucas doses que não suprem as necessidades dos públicos alvos.

“Urge a necessidade de imunizar a população em quantidades maiores. Os municípios têm se esforçado no enfrentamento à pandemia, fomentando medidas de prevenção ao contágio da doença. Estamos empenhados em salvar vidas. Quanto mais rápido nos imunizarem, mais rápido voltaremos às nossas atividades”, disse.

Atento, ouvindo a prefeita, o aposentado Francisco Santos, 68 anos, concordou e reforçou quanto à necessidade da ampliação de doses e de públicos. “Enquanto esperamos a vinda dessas vacinas, ocorre a mutação do vírus em novas variantes mais resistentes e contagiosas. A vacina não deve vir à “conta gotas”, são milhares de vidas que estão em jogo”, falou enquanto aguardava a segunda dose.

O taxista Gildásio Freitas, 72 anos, tem a mesma opinião. “Reconheço todo o esforço feito pelos profissionais de saúde em aplicar as doses, mas é necessária a ampliação para que a vacina chegue a todos. Pedimos que o governo federal priorize isso”, afirmou após tomar a primeira dose da vacina.

Professor há mais de trinta anos, Renan Silva comemorou com entusiasmo ao receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 na manhã desta segunda-feira (26). Para ele, a imunização completa dos profissionais da educação de Lauro de Freitas é a maneira mais segura para o retorno às aulas presenciais.

“Eu tenho dado aulas remotamente desde o início da pandemia, estou otimista que logo retomaremos aos centros estudantis com estratégias que garantam a integridade de todo corpo educacional e dos alunos. Esse é o processo para o começo de uma nova vida normal e deve ser ampliado para todos”, avaliou.

Neste segundo dia de vacinação para profissionais da educação e idosos acima de 60 anos, 299 receberam a primeira dose hoje em um dos quatro drives-thrus instalados das 8h às 16h no Ginásio de Esportes do Aracuí, na Escola Municipal Dois de Julho na Itinga, no Terminal Rodoviário em Portão e outro na escola Esfinge em Areia Branca.

Nos mesmos drives em stands diferentes, 1.257 pessoas receberam a segunda dose e completaram o ciclo da imunização nesta segunda-feira.

 

Jornalista Giovanna Reyner

Foto Maína Diniz

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA