Lauro de Freitas imuniza quase 500 crianças no primeiro dia de aplicação da 2ª dose da Coronavac
0

Nesta quarta-feira (23), crianças de 06 a 11 anos, com aprazamento até o dia 23 de fevereiro, puderam finalizar o ciclo vacinal contra a Covid-19. Os postos tiveram um movimento tranquilo durante toda a ação. Foram aplicadas 495 doses de reforço do imunizante Coronovac.
Também foram administradas 365 doses (D1) em crianças de 06 a 11 anos, sem comorbidades. Ao todo, foram aplicadas 860 doses na cidade.

Elma Sodré, mãe de Rafael, de 8 anos, não teve dúvidas sobre a importância da vacina e estava contando os dias para a convocação infantil. “Eu estava acessando o site da Prefeitura todos os dias, para saber o dia em que meu filho poderia vir. A 2ª dose me deixa muito segura porque já teve o retorno às aulas e ele está tendo contato com os colegas. No ano passado, não liberei para as aulas presenciais. Agora que ele está vacinado, estou muito tranquila”, relatou.

A enfermeira sanitarista, Rosana Baqueiro, ressalta a importância das crianças concluírem o esquema vacinal, diminuindo a circulação do vírus. “Quando protegemos a criança, protegemos os pais e toda a família. Completar o esquema preconizado pelo fabricante é fundamental. As crianças estão bem tranquilas, mostrando muita alegria e entendimento do momento”, disse.

Na vacinação infantil, o município já ultrapassou 50% do público-alvo, com mais de 9.700 crianças, entre 5 e 11 anos, vacinadas com a 1ª dose.

Esquema desta quinta (24)

Nesta quinta-feira (24), mais uma vez estarão disponíveis a 1ª e 2ª dose da vacina que protege contra a Covid-19 para crianças com idade entre 6 a 11 anos sem comorbidades. A Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas destinou dois locais para aplicação das doses: Unime, na Avenida Luís Tarquínio e Colégio Dois de Julho na Itinga. A vacinação será das 8h às 15h.

Para tomar a primeira dose é necessário apresentar documento de identificação, CPF ou cartão SUS, comprovante de residência e o formulário para autorização da vacinação devidamente preenchido. Já para os que vão tomar a segunda dose, com o aprazamento marcado para até dia 25 de fevereiro, é necessário estar munido de documento de identificação, cartão SUS ou CPF e o cartão de vacinação com a primeira dose descrita. Após serem vacinadas, as crianças permanecerão no local em observação.

Jornalista: Iana Silva e Giovanna Reyner

*Todos os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam a linha editorial do portal e de seus editores.

Compartilhe com seus amigos



centralrbn

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar