LATAM vai levar de forma gratuita para todo o Brasil as vacinas pediátricas contra a Covid-19
0

A LATAM, por meio do seu programa Avião Solidário, vai levar de forma gratuita para todos os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal as doses pediátricas de vacinas contra a Covid-19 para a imunização de crianças de 5 a 11 anos. Até agora, o programa já transportou gratuitamente mais de 200 milhões de vacinas dentro da América do Sul. Desse total, quase 185 milhões foram dentro do Brasil, onde a LATAM já responde por 61% de todas as vacinas distribuídas pela aviação.

Em um país continental como o nosso, o avião cumpre um papel que vai muito além do turismo e dos negócios. Por isso, reforçamos o compromisso da LATAM com todos os brasileiros para vencermos juntos a Covid-19”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil.

O programa Avião Solidário da LATAM existe há 10 anos e coloca toda a experiência logística e a malha aérea da companhia para o transporte gratuito de pessoas e cargas em emergências de Saúde, Meio Ambiente e Desastres Naturais. Está diretamente  conectado com a Agenda de Sustentabilidade do grupo LATAM, que conta com metas em Gestão Ambiental, Mudança Climática, Economia Circular e Valor Compartilhado.

LATAM Cargo transporta as primeiras vacinas pediátricas para o Brasil

Às 4h43 desta quinta-feira (13/1), pousou no aeroporto de Viracopos (Campinas) o Boeing 767 da LATAM Cargo que trouxe da Holanda ao Brasil as primeiras vacinas pediátricas contra a Covid-19. A aeronave trouxe em segurança 1,2 milhão de doses para o Governo Federal, em mais uma etapa do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

A LATAM Cargo é a primeira aérea do continente americano e a única da América do Sul com a certificação CEIV Pharma, emitida pela IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo). Em 2021, a empresa teve seu case de negócio pharma/vacinas reconhecido na categoria Especialista em Supply, no prêmio Value Chain, da Value Chain Consultoria.

centralrbn

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode gostar