Conecte-se conosco

Lutas

Irwing King Kong conquista 2 prêmios no SFT Awards

Publicado

em

Campeão peso-médio do SFT foi um dos grandes destaques da organização em 2020

Natural da cidade de Curitiba, Paraná, Irwing Romero Machado ou apenas “King Kong” como é conhecido alcançou um status para poucos dentro do cenário nacional nos últimos tempos. Número 1 da sua categoria no Ranking Nacional de MMA e campeão peso-médio do SFT, o atleta ainda faturou nos últimos dias duas premiações da organização no qual faz parte. No “SFT Awards 2020”, o atleta se consagrou como vencedor tanto na categoria “Melhor Performance”, quanto “Melhor Luta do Ano”.

O atleta falou sobre o confronto contra Renê Soldado em janeiro do ano passado, que além de ter lhe garantido os prêmios, foi tido por muitos como um dos melhores do ano dentre todos os eventos do território nacional:

— Foi uma luta incrível, não só pelo decorrer de como foi, mas também pelo jeito que ela desenrolou, foram 5 rounds de muita porrada, adrenalina e tensão — afirmou o atleta curitibano.

Na ocasião, Irwing acabou sendo chamado de última hora para o combate, e mesmo lutando em categorias abaixo a dos médios, brilhou, vencendo o até então melhor peso-médio do Brasil com uma vitória acachapante na vigésima edição do SFT. Somando 16 vitórias em 24 combates disputados na carreira, Irwing falou sobre a importância de ter recebido essas premiações justamente devido ao combate em que conquistou o título até 84kg:

— Conquistar esses dois prêmios acrescenta muito a minha carreira, valoriza o nosso trabalho e mostra que não é à toa que estou com o cinturão — declarou Kong.

Atleta da Fight Clan e da Madison Team, Irwing ainda comanda a sua própria academia no Paraná, a Xperience Sports Center, além de afiar a parte física com o auxílio de Madison Filho no Paraná.

Escalado para lutar contra Eduardo Camelo no fim do ano passado, Irwing viu seu desafiante mudar, já que o então rival acabou sendo derrotado por Clebinho Machado após se lesionar e ser obrigado a deixar o evento.

Questionado sobre a ansiedade para voltar ao cage, o atleta de 32 anos garante que está 100% preparado para esse retorno assim que for escalado pela organização:

—Não diria que estou ansioso, mas estou com muita vontade de trabalhar, já tenho várias surpresas guardadas, apenas aguardo escolherem a hora, lugar e o presidente assinar o cheque — finalizou Irwing.

Embalado por duas vitórias consecutivas, Irwing tem como principal arma a agressividade dentro do cage. Somando 15 vitórias por nocaute/nocaute técnico ou finalização na carreira, o curitibano espera por uma posição da organização para enfim fazer a sua primeira defesa de título. Atualmente Clebinho Machado é o atleta mais cotado para enfrentar o “King Kong”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA