Conecte-se conosco

Lutas

Irwing King Kong comemora performance no ACA MMA: “Foi tudo como planejado”

Publicado

em

Paranaense foi um dos grandes destaques da edição de número 125 da organização russa

Irwing King Kong não quis deixar margem para dúvidas em sua segunda luta no ACA MMA. Escalado para enfrentar Magomedsaygid Alibekov, o atleta paranaense deu um verdadeiro show na edição de número 125 do evento que aconteceu no último dia 29 de junho. Declarado vencedor por decisão dividida, o atleta procurou o combate o tempo todo, agressivo no cage, o atleta comemorou o fato da estratégia ter sido realizada com sucesso:

— Estava bem à vontade e confiante, dessa vez não tive um erro em meu camp, e nenhuma lesão. Foi tudo como planejado do início ao fim — declarou o paranaense.

Irwing ganhou notoriedade no Brasil após “tomar” o cinturão peso-médio de Rene Soldado no SFT. Contratado pelo ACA MMA e pela organização brasileiro, o lutador soma na carreira profissional 17 vitórias, sendo 15 delas por via rápida (nocaute ou finalização). Um verdadeiro showman dentro e fora do cage, Irwing busca sempre ganhar o público russo, seja se vestindo com adereços locais, ou com seu eventual carisma. Elogiado pelos organizadores, o atleta falou se acredita que conseguiu impressionar novamente os “chefões” na organização europeia:

— Com certeza, eles gostaram muito dessa luta, e também do ambiente que deixo fora dela. Desde o dia que chego no hotel, pesagem e demais atividades do evento — comemorou Irwing.

Após estrear como peso-médio, categoria no qual é campeão no Brasil, Irwing lutou como meio-médio em sua segunda apresentação. Alternando entre as categorias, o atleta tem visto os grandes eventos no Brasil retornarem, como é o caso do SFT, evento no qual é campeão. Questionado sobre o seu retorno ao MMA brasileiro, o atleta garante estar pronto para lutar, seja na Rússia, ou defendendo o seu título no Brasil:

— Olha, o que me chamarem estarei presente, só quero trabalhar. Tenho compromisso com os 2 eventos, então vamos esperar ver o que acontece — finalizou o atleta.

Com moral no Leste Europeu, o atleta de 32 anos se aproxima da chance de disputar o primeiro título internacional no ACA MMA. Representante da Fight Clan, o atleta ainda comanda a própria academia em solo brasileiro, a Xperience Sports Center, localizada no Paraná.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA