Grupo de WhatsApp estimula revanche entre veteranos do kickboxing

Um desafio em um grupo de WhatsApp de alunos de kickboxing do ex-campeão mundial e manager Sergio Batarelli motivou o retorno aos ringues de atletas veteranos que se enfrentaram há mais de 35 anos. A brincadeira no aplicativo de mensagens abriu espaço para o novo projeto da franquia do Boxing For You, o The Challenge Kick Boxing Edition.

No dia 7 de maio deste ano, na Arena de Lutas, em São Paulo (SP), Alessandro ‘The Snail’ Scalamandré enfrentará Maurício ‘Canivete’ Reanho nas regras do full-contact, reacendendo uma rivalidade de décadas, mas com um conceito diferente. A ideia do The Challenge é reviver duelos antigos em modalidades como boxe, kickboxing e outras artes marciais, priorizando sempre a questão da saúde e os valores do esporte.

Alessandro Scamalandré perdeu a primeira luta para Maurício Reanho no combate realizado na Cia Athletica em São Paulo (SP), em maio de 1985. O duelo entre os competidores de 51 anos será com peso combinado de até 74 kg e contará com árbitros profissionais da modalidade.

”Era para ser uma brincadeira, que começou em novembro de 2021 em uma conversa no grupo de Whatsapp que tenho com meus alunos faixas preta. A discussão tomou forma e um dos membros do grupo disse que deveria ser feito um tira-teima, mas de brincadeira, só para colocar lenha na fogueira! Acontece que o Canivete pegou pilha e lançou o desafio. Desde então os dois estão treinando firme”, afirmou Sergio Batarelli.

Na regra do full-contact só valem golpes acima da cintura com pontuação igual ao boxe. Quem der menos de seis chutes por round perde ponto. É proibido qualquer golpe abaixo da linha de cintura.

”Eu e o David Chen, que também é meu aluno faixa preta, decidimos transformar a brincadeira em um evento. Esse primeiro vai ser totalmente grátis para o público, e transmitido pelo nosso canal no Youtube. Se correr tudo bem, pretendemos fazer isso pelo menos uma vez ao mês. Mas que fique claro, não é um evento profissional, são lutas amadoras”, explicou Sergio Batarelli.

Os veteranos se enfrentam com uso de protetor de cabeça e luvas de 16 onças, pois o objetivo do The Challenge Kick Boxing Edition o tira-teima e mostrar que idade é apenas um número.

Além do duelo dos cinquentões, o evento terá duelo entre estreantes no kickboxing. Entram no ringue da Arena de Lutas mais seis competidores: Luca Marco Antônio vs Gabriel Said e Luca Fortis vs Vinicius Brito. A abertura será entre Erasmo Carvalho vs Ermes Santos. A entrada é gratuita e as lutas começam a partir de 15h. A pesagem será às 14h no mesmo dia do evento.

O Centro de Treinamento para Artes Marciais – Arena de Lutas fica na Rua Conselheiro Brotero 330, na Barra Funda, em São Paulo (SP).

Cinquentões em forma

Animados, os lutadores querem aproveitar e mostrar que não apenas os famosos Evander Holyfield e Mike Tyson podem ser exemplo para os lutadores aposentados, sejam eles amadores ou profissionais, a reacender disputas saudáveis no ringue. O treinamento de ambos segue com supervisão técnica e médica. Os dois são alunos faixa-preta de Sergio Batarelli, considerado o melhor lutador latino-americano do kickboxing.

”Treinei com o Batarelli desde os anos 1980, fiz lutas amadoras, arbitrei eventos no Brasil e no exterior e tinha parado total de praticar em 2009. Nunca mais dei um chute! Estou empolgado com essa volta”, contou o paulista Alessandro Scamalandré, que se dedica pelo menos duas vezes por semana aos treinos de kickboxing e nos outros à parte física.

”A volta pode motivar ao menos nossos amigos mais próximos e mostrar que os cinquentões podem competir, desde que bem preparados para isso!”, reforçou o gerente comercial.

Mauricio Canivete, que mora em Piracaia (SP), quer mostrar que venceu a luta da década de 80 e bem! E mais do que isso, confirmar que o esporte pode ser praticado independentemente de idade. Basta traçar o objetivo.

”Esse retorno está acontecendo com responsabilidade. Procurei um médico para fazer um check-up geral, um nutricionista e um professor de musculação para me fortalecer. No quesito do kickboxing especificamente, a ansiedade foi e está sendo enorme. Por mais que eu não seja mais um jovem, a mente não quer entender o corpo e vira e mexe eu exagero nos golpes”, disse Maurício Reanho, empresário do ramo de sacos de lixo na região de Bragança Paulista.

Sobre Sergio Batarelli e seus eventos

Responsável por trazer o UFC para o Brasil pela primeira vez – aquela famosa luta entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva, o ex-campeão mundial de full-contact vem mudando os rumos da nobre arte no País com a realização do Boxing For You, sendo representante brasileiro da Top Rank e  com a gestão de carreira de Esquiva Falcão e Robson Conceição, ambos com chances reais de título mundial.

Munido de uma equipe multidisciplinar, Sergio Batarelli espera transformar o Boxing For You e o Challenge em uma marca de referência no esporte brasileiro, assim como UFC que ele implantou no Brasil em 1998.

Em 1998, quando colocou os jovens Vitor Belfort e Wanderlei Silva para se enfrentarem no Ginásio da Portuguesa, em São Paulo (SP), Batarelli foi chamado de maluco, e acusado de rasgar dinheiro (de fato tomou prejuízo junto com a Sport Promotion)!

O evento ganhou mais importância anos depois, quando os lutadores citados já haviam se tornado ícones e com transmissão de suas lutas na TV Globo. O UFC, segundo ele, era para o público hardcore do MMA, aquele que assistia os combates via VHS! Virou grife e tem seu próprio casting.

O manager e empresário Sergio Batarelli tem mais de 50 anos dedicados às artes marciais. Seu início foi no Kung Fu, no chamado estilo do leão. Porém, as histórias de sucesso na campanha para o título mundial de full-contact, a formação de lutadores de renome, o IVC, o UFC no Brasil e a popularidade do Pride no Japão irão virar livro e até mesmo série para aplicativos de streaming.