BA

Governo da Bahia segue com obras de infraestrutura e mapeamento de áreas afetadas pela chuva no Extremo Sul

Logo

As ações emergenciais na área de Infraestrutura permanecem sendo feitas pelo Governo da Bahia, na região do Extremo Sul do estado, afetada pelas fortes chuvas deste mês de dezembro. Em Prado, a manutenção da ponte de acesso ao município, na BA-001, e do pavimento intertravado, além da limpeza das ruas, continuam em execução nesta quarta-feira (22). A realização dos serviços é fruto da parceria entre a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra) e o Consórcio do Extremo Sul (Construir).

Outras intervenções na região também são promovidas pela Seinfra. Em Itamaraju, o tráfego de veículos no KM 17 da BA-284, que faz a ligação com Jucuruçu, tem a previsão de ser liberado até o final do dia hoje (22). A recuperação do desvio provisório, que rompeu neste trecho da rodovia, está em andamento. Na BR-489, os quebra-molas nos KMs 02 e 13, entre Itamaraju e Prado, devem ser implantados nesta quarta (2) para o controle de velocidade na via. Os três pontos da rodovia atingidos durante o período chuvoso, incluindo o KM 15, já se encontram devidamente sinalizados.

Governo da Bahia segue com obras de infraestrutura e mapeamento de áreas afetadas pela chuva no Extremo Sul

Telefonia celular

A ativação provisória de sinal de celular no distrito de Coqueiros, em Jucuruçu, para ajudar na operação especial do Governo do Estado no Extremo Sul baiano ocorreu na terça-feira (21). A instalação da Estação Rádio Base (ERB) móvel na localidade foi um pedido da Secretaria de Infraestrutura do Estado à Operadora Claro, para facilitar no atendimento aos moradores da região, principalmente na área da Saúde.

Mapeamento Conder

A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), concluiu o mapeamento de mais um município atingido pelas enchentes no sul e extremo sul da Bahia. As equipes do Social e de Engenharia, em parceria com a Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal, mapearam 15 áreas no municípiode Prado. Foram detectados 231 imóveis afetados. Deste total, apenas um foi destruído pelas fortes chuvas. Além disso, foi identificada a necessidade de remanejamento de 168 edificações para áreas com maior segurança e menor risco de novos alagamentos.

O trabalho de mapeamento da Conder começou há uma semana e identifica as áreas mais afetadas pelas enchentes. Depois dessa coleta inicial de dados, a etapa seguinte será de estudos topográficos, considerando todas as variantes para a elaboração de projeto que irá possibilitar o início das obras de recuperação de moradias e pontos comerciais, que não foram destruídos, assim como a construção de novos imóveis em áreas seguras.

Durante este período, a Conder finalizou também o recolhimento de informações no município de Medeiros Neto, onde foram mapeadas 10 poligonais, totalizando 1.185 imóveis. O Centro Comercial da cidade foi a área mais afetada pela chuva. Foram danificadas 401 edificações; sendo 212 comerciais, 175 residenciais, cinco mistas e 14 institucionais. Sete imóveis ficaram totalmente destruídos.

Em Jucuruçu, o trabalho de mapeamento também já foi concluído. Nas áreas impactadas foram identificados 500 imóveis, 49 deles foram destruídos. Houve o cadastramento de 371 residências, 41 estabelecimentos comerciais, 12 edificações institucionais e 27 imóveis com função mista, sendo parte residencial e parte pequeno comércio.

Os trabalhos de recuperação dos imóveis serão executados em parceria entre o Governo do Estado e os consórcios intermunicipais de Infraestrutura.



Fonte

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br