0

Com o sucesso no meio literário, a autora Telma Brites iniciou recentemente um projeto digital com a finalidade de ajudar brasileiros a aprender francês de modo fácil, funcional e sem qualquer vergonha. Por meio da conta Francês Sem Vergonha (@francessemvergonha), no Instagram, ela grava vídeos e publica fotos ensinando vocabulários e expressões para o público.

O projeto é uma iniciativa recente e aos poucos está chamando a atenção dos interessados pelo idioma. Telma Brites é residente na Europa há mais de 30 anos e tem muito conhecimento e experiência para compartilhar com os alunos virtuais.

Francês Sem Vergonha já ensinou a falar sobre o clima, vocabulários simples e do cotidiano, expressões para uso imediato e entre outros conteúdos disponíveis na conta de forma gratuita.

Telma Brites é muito conhecida devido a Trilogia Gaia, recentemente lançada pelo Grupo Editorial Coerência, que inclusive concorreu ao Coerência Choice Awards 2020 como Melhor Fantasia.

Sobre Telma Brites: Telma Brites Alves nasceu em 1963 na Bahia, onde passou a infância, entre Cafarnaum e o Morro do Chapéu. Aos 10 anos de idade, mudou-se para Salvador, onde fez teatro amador e se formou em Ciências Sociais na UFBA, especializando-se em antropologia médica. Já na adolescência, diferente da maioria dos colegas da mesma idade, gostava de ler Kafka, Simone de Beauvoir e Sartre. Em 1997, mudou-se para a França e conseguiu a titularidade CAPES para lecionar língua portuguesa. Atualmente mora em Sechtem, na Alemanha, onde ensina português em uma escola particular e dedica seu tempo livre para cuidar da família, e realizar o sonho de ser escritora. É casada e tem três filhos.

Saiba mais em:
@Telma_Brites
@Francessemvergonha
http://editoracoerencia.com.br/author/telma-brites/

centralrbn

Angra lança vídeo de “Magic Mirror” ao vivo com participação da Família Lima

Artigo anterior

Revolução lança lyric video de “Era Uma Vez no Brasil” criticando a violência no Rio de Janeiro

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Cultura