Conecte-se conosco

Lançamento

“Figurinha”, de Douglas e Vinicius, alcança marca de 100 milhões de streamings

Publicado

em

“Figurinha”, de Douglas e Vinicius, alcança marca de 100 milhões de streamings

Desde seu lançamento, “Figurinha”, de Douglas e Vinícius, vem sendo sucesso e se mantém entre as canções mais ouvidas do país nas plataformas digitais. A música já esteve no TOP 200 Mundial e no TOP 200 Portugal no Spotify. Seu videoclipe, disponível no YouTube, já ultrapassa 173 milhões de views. Essa semana, a canção registrou mais um marco: 100 milhões de streamings no Spotify.

“Figurinha” faz parte do projeto  “Douglas e Vinicius Ao Vivo no Golf Estate”, gravado em 2019, na cidade de Poços de Caldas. Douglas, compositor do hit, relembra como foi ver o sonho da dupla se tornando realidade: “Lembro que a cada marca de um milhão que atingíamos, nós comemorávamos muito, porque até então, era um sonho um pouco distante para nós. Quando ela atingiu o primeiro lugar na Playlist Top Brasil e nos tornamos capa, foi uma felicidade só, os amigos mandando mensagem, os parentes ligando.”

Vinicius também comemora: “Estamos muito felizes com o alcance de mais uma marca expressiva. Estamos colhendo uma sementinha que plantamos lá atrás, e hoje temos a confirmação que estamos no caminho certo.”

Após o êxito do feat com MC Bruninho, Douglas e Vinicius vêm ganhando destaque com “Volume 3”, canção que teve seu clipe lançado em novembro de 2020, e já conta com mais de 3.4 milhões de visualizações no Youtube. No Spotify, a música soma 15 milhões de streamings. “Agora estamos apostando bastante no nosso último lançamento, a música volume 3, que está indo pelo mesmo caminho de Figurinha”, comenta Vinicius.

Sobre os artistas

Douglas e Vinicius oficializaram a formação da dupla em 2013, mas suas histórias na música têm muito mais tempo. Os mineiros começaram a carreira muito cedo, por influência familiar, e hoje possuem três CDs e dois DVDs gravados.

“Figurinha” e “Volume 3” encontram-se disponíveis no Youtube e nas plataformas digitais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Light Dark Dark Light