Evolução em tempo recorde marca início da Escolinha de Triathlon em Jundiaí

Em pouco mais de um mês de atividades, projeto ganhou a adesão total dos alunos e já aponta crianças com talento para o esporte

 

O triathlon conquistou crianças e adolescentes de Jundiaí. Pouco mais de um mês após o início das aulas, os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões mostram entusiasmo pelo novo esporte e uma evolução surpreendente. O núcleo na cidade paulista é um dos mais recentes, e já aponta vários jovens com potencial para a modalidade.

O núcleo de Jundiaí foi inaugurado no início de maio com quase todas as 40 vagas preenchidas. Crianças e adolescentes de 8 a 16 anos, matriculados em escolas públicas, têm à sua disposição um complexo com toda a infraestrutura necessária para a prática do esporte. O Complexo Educacional, Cultural E Esportivo Dr. Nicolino de Luca, conhecido como Bolão, é equipado com pista de atletismo, piscina, quadras poliesportivas, vestiários e até playground. As aulas externas de ciclismo também serão feitas no Parque da Uva.

“Os alunos estão muito animados, perguntam sobre competições, se esforçam mais a cada dia. Muitos estão me surpreendendo, tanto pela dedicação como pelas habilidades físicas. Já temos um grupo intermediário e um grupo avançado, que demonstra mais resistência. Tenho a impressão de que podem sair daqui alguns futuros atletas olímpicos”, destaca a professora Michele Cézar, do núcleo Jundiaí da Escolinha de Triathlon.

 

Solidariedade

Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a Escolinha de Triathlon Formando Campeões busca a educação e formação social. No projeto, as crianças aprendem também noções de alimentação e hidratação, além de orientaçãoes na organização das tarefas e valores como disciplina, dedicação e respeito. Para a professora Michele Cézar, a principal lição que a modalidade proporciona é a solidariedade.

“O triathlon é o esporte mais desafiador e exigente, com natação, ciclismo e corrida. Para estar dentro dessa modalidade, você precisa ter espírito esportivo, ter solidariedade. Tanto em treinos como em provas, a gente vê e estimula essa solidariedade. Se um atleta tem o pneu da bike furado, você empresta a câmara de ar da sua bike. Na corrida, se a pessoa do seu lado passar mal ou precisar de um gel de carboidrato, você ajuda. O triathlon ensina você a se colocar no lugar do outro, e é o que passamos aos alunos, aqui na Escolinha”, explica a professora.

 

Metas da Agenda 2030 na Escolinha

A formação de crianças e adolescentes por meio do esporte é a principal missão da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a equipe técnica segue diretrizes pedagógicas para orientar os triatletas mirins em questões como organização pessoal, disciplina e respeito aos pais e professores.

Essas diretrizes também estão de acordo com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU, com a qual o projeto está comprometido. A Escolinha busca atingir esses objetivos de forma individual, com ações de conscientização com os alunos, e coletiva. Faz parte do projeto o compartilhamento dos equipamentos de treino, a preocupação com uma educação escolar de qualidade, adoção da igualdade de gêneros no número de alunos e professores.

 

Formando Campeões

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, iniciada há seis anos em Curitiba (PR), é hoje um modelo de formação da modalidade no País. Idealizado pelo atleta olímpico curitibano Juraci Moreira, contempla 920 crianças e adolescentes em 18 núcleos espalhados por Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões é viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, programa da Secretaria Especial do Esporte, Ministério da Cidadania e Governo Federal com a execução da APANI SEME-Itu e apoio da prefeitura de Jundiaí. Os patrocinadores são Astra, Japi, Castelo Alimentos e Cereser.

 

Curta a Fã page – Escolinha de Triathlon – Formando Campeões

Katarine Monteiro
Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media.