Conecte-se conosco

Educação

Escrita acadêmica: Estudo mostra passo a passo para estudantes brasileiros se tornarem pesquisadores

Especialistas explicam metodologia de forma simples e eficaz para estimular a escrita acadêmica e foco na pesquisa

Publicado

em

Escrita acadêmica: Estudo mostra passo a passo para estudantes brasileiros se tornarem pesquisadores

Um estudo feito pelos pesquisadores, professor Cassio Hartmann, professor Gabriel César Dias Lopes, professor Fábio da Silva Ferreira Vieira e professor Bensson V. Samuel, pela Logos University International, UniLogos, nos Estados Unidos e publicado na CPAH Scientific Journal of Health, tem como objetivo ajudar os estudantes brasileiros a confeccionar artigos científicos para serem pesquisadores. 

Os especialistas revelam um dos segredos: “o bom planejamento é uma das características mais importantes de uma pesquisa científica de qualidade. Mesmo que não assegure o sucesso do artigo, monografia, dissertação de mestrado ou tese de doutorado, planejar confere à pesquisa boa qualidade.” 

O trabalho dos especialistas facilita o acesso ao conhecimento, mesmo diante da falta de investimentos no setor. De acordo com dados recentes do Relatório de Ciências da Unesco, 80% dos países do mundo investem menos de 1% de seu Produto Interno Bruto (PIB) em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). 

Apesar de ter ocorrido um aumento de 20% nos investimentos globais em ciência e tecnologia entre os anos de 2013 e 2018, há uma desigualdade demarcada pela excessiva concentração em alguns países. Desses 20%, 63% representam investimentos de China e Estados Unidos somados. O Brasil destina cerca de 1,15% de seu PIB em P&D. Entre 2014 e 2018, período analisado no Relatório, o total aplicado em ciência diminuiu quase 16%, com queda de 50% no orçamento do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI). 

Os estudantes vão enveredar no cenário da escrita acadêmica, que deve ter uma estruturação do desenvolvimento bem estruturada por etapas – do início do planejamento, desde o projeto até a conclusão do trabalho.  

Sobre os especialistas  

Cassio Hartmann, professor de Educação Física SEM FRONTEIRAS DA FIEP-BRASIL/ Delegado Nacional Adjunto da Federação Internacional de Educação Física FIEP/ Secretario e Imortal da ABEF – Academia Brasileira de Educação Física/ Conselheiro CREF 19AL / Professor de Educação Física do Instituto Federal de Alagoas/IFAL e doutorando em saúde coletiva com ênfase em Educação Física. 

Dr. Gabriel César Dias Lopes, PhD Professor e Orientador Doutor em Educação/ PhD em Psicanálise Clínica Presidente da LUI –Logos University Int.Professor/ MembroImortalda ABEF –Academia Brasileira de Educação Física  

Fábio da Silva Ferreira Vieira, co-orientador/Doutor em Ciências do Movimento Humano / Mestre em Educação Física / Especialista em Fisiologia do Exercício/ Delegado Adjunto da Federação Internacional de Educação FísicaFIEP-PR. 

Bensson V. Samuel, professor de Ciências e Médico/ Bacharel em Medicina Poznan University of Medical Science, Poland/ Bacharel em Ciências Médicas e Laboratoriais (Cito-Tecnologia) University of Connecticut, Storrs, CT, USA /Especialista em Clínica GeralQueen Mary University/ Especialista em Urgência e Emergência Medvarsity-Apollo Hospital/ Doutorado em Liderança e Gestão Estratégica London School of Internation Business /Doutorado PhD: Pan-American University –Health Care Management / Doutorado PhD: Swiss Open University in Economics.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *