Defesa Civil de SP atualiza situação após chuvas





Um dos objetivos das vistorias é o combate a delitos cometidos por criminosos que se passam por entregadores



As Polícias Civil e Militar abordaram mais de 740 veículos entre sexta-feira (29/4) e sábado (30/4) durante ações para combater a criminalidade na cidade de São Paulo, especialmente delitos contra o patrimônio cometidos por suspeitos que fingem ser entregadores. No período, também foram realizadas nove prisões.

Uma das operações que auxiliou nesse resultado é a “Capital Mais Segura”, deflagrada desde o dia 21 de março pela Polícia Militar, com apoio de policiais civis e guardas municipais. Nos dois dias foram abordadas um total de 875 pessoas e vistoriados 13 automóveis e 743 motocicletas. Somado a isso, também houve abordagem a 81 bicicletas.

Outra ação empregada nos dois dias, na Capital, é a “Hércules”, deflagrada desde o início do ano. Apenas nos dias 29 e 30 de abril, essa operação resultou em oito pessoas presas e uma captura de procurado. Além disso, foram vistoriados um total de 13.268 veículos, que incluem carro e motos, sendo 140 deles recuperados por estarem em situação de roubados ou furtados. Também foram realizadas 68 autuações por recusa ao teste do etilômetro.

Gov. SP