0

O mercado de informática global se transformou nos últimos dez meses. O impacto da pandemia trouxe um crescimento inesperado para todos os setores – o maior nos últimos dez anos, de acordo com as consultorias especializadas Canalys, Gartner e IDC. Um dos catalizadores deste aumento na procura por computadores foi, sem dúvidas, o ensino à distância, que impulsionou as vendas gerais de Chromebooks no último ano em mais de 112%. Na Acer, a nível global, apenas no último trimestre, este número foi ainda mais expressivo, 253,5% maior em relação à 2019.

Educação sempre esteve entre os pilares de investimento da Acer e, no Brasil não é diferente. A marca está entre as empresas líderes globais no segmento educacional e é reconhecida internacionalmente pela qualidade e inovação em seus produtos que, no Brasil, se diferenciam pela fabricação nacional, com certificação militar MIL-STD 810G, garantindo resistência a quedas de até 1,2 metros e suportando até 60Kg de peso sobre si; teclados resistentes a derramamento de líquidos, suportando até 330 ml; tela com Antimicrobial Corning® Gorilla® Glass, oferecendo alta resistência e durabilidade, além de proteção adicional contra micro-organismos; especificações de hardware avançadas para oferecer maior desempenho; webcam de alta definição com tecnologia HDR para mais qualidade nas chamadas de vídeo e web conferências em todos os modelos em linha; e, compatibilidade com aplicativos da Google Play Store.

Para 2021, o setor continuará entre as principais apostas de mercado da marca, que promete ainda mais inovação a seus – já bastante conhecidos – produtos do segmento. Este ano, o portfólio de educação foi especialmente pensado para atender as demandas da educação à distância e do ensino híbrido, com produtos direcionados a estudantes e professores e, é claro, de acordo com as últimas tendências do mercado para garantir um portfólio completo e atualizado de soluções. A empresa também irá aprimorar e fortalecer sua rede de canais com novos e importantes parceiros para o setor.

“O segmento de educação é bastante estratégico para a Acer em todo o mundo e, no Brasil, nos últimos três anos, também garantimos um importante espaço neste mercado. Além do grande ‘boom’ do setor por conta da pandemia, acreditamos que o modelo de HaaS (Hardware as a Service) também é uma grande tendência atual, principalmente para os grandes grupos educacionais”, comenta Alexandre Morais, Diretor de Vendas na Acer do Brasil. “Para atender a essa demanda, temos a expectativa de em 2021, dobrar o volume de Chromebooks vendidos em 2020”.

Entre os modelos já produzidos no Brasil estão duas versões do Acer Chromebook 311, o laptop ideal para todas as Instituições de Ensino. Com um processador de última geração, bateria de longa duração e especificações de resistência e durabilidade com padrão militar, ele pode enfrentar os rigores diários e o uso intenso de alunos dentro ou fora da sala de aula. O produto está disponível na Acer Store e nos parceiros de distribuição da Acer, na versão tradicional e com touch screen.

“Nosso principal objetivo é garantir a melhor experiência para todos os usuários: desde os estudantes do ensino básico e infantil, que precisam de uma ferramenta resistente, rápida e de fácil utilização no dia a dia, passando pelos alunos do Ensino Superior, que desejam um equipamento prático, com robustez e potência para rotinas multitarefas intensas, até os professores e gestores, que visam garantir a produtividade com qualidade, eficiência e segurança”, finaliza Luiz Fernando Henriques, Gerente de Vendas para a área de Educação na Acer do Brasil.

Para mais informações sobre os produtos da Acer para educação no Brasil, acesse: https://www.acer.com/ac/pt/BR/content/professional-education-home

centralrbn

Goianésia vence Jaraguá-GO e avança pela 1ª vez à final do Estadu

Artigo anterior

Qual a receita dos negócios de garagem?

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Educação