Conecte-se conosco

Futebol

“É praticamente impossível o Barcelona reverter derrota para o PSG”, avalia Rivaldo

Publicado

em

"É praticamente impossível o Barcelona reverter derrota para o PSG", avalia Rivaldo

O Barcelona recebeu o Paris Saint-Germain no Camp Nou para a primeira partida das oitavas de final da Champions League. No entanto, o clube catalão levou uma goleada de 4×1 do clube francês. Em entrevista à Betfair.net, o craque Rivaldo analisou a partida e destacou o desempenho do PSG.

O brasileiro também comentou sobre o desempenho de Kylian Mbappé na partida e a ausência de Neymar, se recuperando de uma lesão.

Quase impossível reverter derrota para o PSG na França

“O Barcelona foi derrotado pelo PSG por 4×1 no Camp Nou e isso torna quase impossível uma virada na partida de volta lá na França. Eu digo isso porque além do placar, foi visível que o time francês jogou melhor e se mostrou mais forte, então, ir à França vencer por quatro gols de diferença me parece algo quase impossível de reverter”, comentou Rivaldo, embaixador da Betfair.net.

“Acredito que de momento nenhum jogador ou treinador do Barcelona acredita que é possível dar a volta por cima e isso ficou evidente nas declarações do Koeman após a partida. Claro que não pode jogar a toalha, mas nenhum torcedor estará confiante nisso após o jogo e até existe o risco de nova goleada, então, o time precisa de pelo menos se doar para ser mais competitivo na França.”

“Além disso, existe a possibilidade de Neymar ou Di Maria retornarem para esse jogo e tornarem o PSG ainda mais forte. É preciso tomar cuidado”, alertou Rivaldo.

Último jogo do Messi pelo Barcelona na Champions no Camp Nou?

“Messi deu muito ao Barcelona e vice-versa, no entanto, me parece que esse pode ter sido seu último jogo pela Champions no Camp Nou vestindo a camisa do Barça. Ainda é cedo para dizer se seu futuro passará pelo PSG, porém com a qualidade que o time francês vem demonstrando, com certeza ele pode estar olhando para isso como uma boa possibilidade para o futuro”, disse Rivaldo.

“Apesar de desejar que ele fique no Barcelona, compreendo que ele pense em sair tendo em conta o atual momento do clube que não lhe dá as mesmas oportunidades de conquistar troféus importantes.”

“Além disso, Messi já tem alguma idade e não pode continuar assumindo toda essa responsabilidade. Esta temporada, ele até viu sair o Luis Suárez numa transferência difícil de entender que tornou o Atlético de Madrid ainda mais forte, e o uruguaio é o atual artilheiro do Campeonato Espanhol. Por tudo isso, eu acredito que ele irá mesmo sair no final da temporada”, comentou Rivaldo, embaixador da Betfair.net

Situação de Piqué não explica tudo

“O time do Barcelona no seu geral não teve um bom dia e isso vem confirmar que atualmente o clube não tem um grupo suficientemente forte para brigar por títulos nessas competições mais difíceis, como é a Champions”, afirmou Rivaldo.

“Já se falou que Koeman errou ao apostar no Piqué após várias semanas ausente por lesão, porém eu acho difícil condená-lo por isso, afinal o Barcelona não tem jogadores de qualidade suficiente para substituí-lo e o técnico holandês acabou por colocá-lo para jogar já na primeira oportunidade, mesmo com ele ainda sem o melhor ritmo competitivo”, disse o craque.

“Para mim isso demonstra que no momento o Barcelona não tem bons reservas para jogar quando os melhores jogadores estão machucados ou suspensos, ao contrário do PSG que provou ser muito forte mesmo sem jogadores como o Neymar ou o Di Maria.

Situação difícil, que pede o retorno de Juan Laporta

Sendo até hoje um grande ídolo para a torcida catalã, Rivaldo não foge ao se posicionar em relação ao futuro do clube. “Os problemas revelados pelo Barcelona frente ao PSG não são novos, pois o mesmo vem acontecendo regularmente em campanhas anteriores na Champions com derrotas muito pesadas, então, esse é um problema profundo que vem de trás e que pede uma mudança no rumo do clube.”

“É por isso que eu vou declarar publicamente meu apoio ao candidato Juan Laporta na corrida à presidência do Barcelona, pois o clube precisa de alguém que saiba como recolocar o clube no lugar onde sempre deve estar que é brigando e conquistando títulos importantes”, disse Rivaldo, embaixador da Betfair.net.

Grande atuação do PSG com Mbappé se destacando

“O PSG acabou tendo uma grande atuação no Camp Nou merecendo totalmente essa vitória com o jovem Kylian Mbappé se destacando com um sensacional hat-trick que só veio confirmar que ele pode ser no futuro o melhor jogador do mundo.”

“Ele tem grande personalidade, joga simples, é extremamente rápido e ficou a sensação de que jogou como se estivesse no quintal de sua casa, então, está de parabéns por essa atuação memorável. Mas não só ele, pois todo o time do PSG foi muito sólido nessa partida e mostrou que o clube tem tudo para chegar novamente na final da Liga dos Campeões nesta temporada”, disse o craque.

Mais um alerta para o futebol espanhol

“A derrota do Barcelona é mais um aviso para os times espanhóis que falharam em sua presença nas finais da Champions nas últimas duas temporadas que o futebol alemão e inglês está forte e é preciso tomar cuidado com eles, além do PSG. O Real Madrid também não vive uma boa fase e terá uma partida muito difícil contra a Atalanta, então não vai ser fácil para eles retornarem a uma Final de Champions, pois seu momento é pouco melhor do que aquele que o Barcelona atravessa.”

“Já o Atlético de Madrid também terá um duro confronto com o Chelsea e precisa estar atento, pois o time inglês mudou de técnico e está melhorando com Thomas Tuchel. Honestamente, não vejo o Atlético favorito nessa eliminatória, mas sim um duelo difícil, pois será um confronto de dois grandes times com jogadores espetaculares de ambas as partes”, analisou Rivaldo.

Neymar é muito visado e precisa de proteção dos árbitros

“Neymar não jogou a partida contra o Barcelona por estar machucado após lesão no Campeonato Francês. Ele é muito visado pelos adversários e sua má fama de chorão o impede de ter aquela proteção que os juízes tendem a dar aos jogadores mais talentosos. Mas ele mudou nos últimos anos e hoje não é mais aquele jogador que gosta de cair, então, os árbitros precisam protegê-lo, já que ele é o tipo de jogador com personalidade que parte com ânimo para cima dos adversários, sem medo e por isso se expõe mais a tomar faltas.”

“Neymar está levando muita pancada no campeonato francês, porque muitos jogadores não encontram outra forma de pará-lo, então os árbitros precisam ter mais atenção e penalizar os jogadores que entrem de forma mais violenta sobre ele ou qualquer outro jogador tecnicamente mais evoluído”, comentou Rivaldo.

Gareth Bale pode se arrepender da falta de empenho quando terminar carreira

“Depois da sua situação no Real Madrid, parece que o Bale caiu no mesmo erro no Tottenham e vem sendo criticado por sua falta de empenho pelo técnico José Mourinho. Eu acho triste que um jogador com tanto talento esteja desperdiçando anos de carreira como futebolista, pois jogar futebol é algo tão bonito e se doar ao máximo durante esses anos é importante para que você não sinta arrependimento no futuro, pensando que poderia ter sido um dos melhores do mundo e acabou não conseguindo simplesmente porque não se doou completamente”, disse Rivaldo.

“Mas ainda há tempo para se recuperar e voltar a ser aquele jogador que se dedicou no Tottenham e no Real Madrid. Meu conselho para ele é que se aplique enquanto está no ativo, pois quando passar o tempo pode sentir uma frustração por não ter sido tão profissional quanto poderia.

Triste ver clubes como o Valencia numa situação tão difícil

“O Valencia era um clube de elite nos meus tempos na Espanha que sempre brigava por títulos e até foi a duas finais de Champions, então é triste ver o clube numa fase complicada brigando para não ser rebaixado para a segunda divisão. A pandemia colocou muitos clubes históricos em grandes dificuldades, pois perderam receitas de torcida e muitos patrocinadores acabaram não renovando contratos, algo que me entristece, pois o Valencia é um clube marcante na minha carreira”, comentou Rivaldo.

“Eu joguei muitas vezes contra o Valencia em partidas muito difíceis, mas tenho também ótimas recordações como aquele hat-trick no Camp Nou onde meti aquela bicicleta num jogo de decisão. Eu torço para que o clube se recupere o quanto antes, pois esse é o tipo de clube que faz falta na Espanha, com capacidade de brigar junto com Barcelona e Real Madrid.

Solução para os erros de Alisson não passa pelo banco

“Alisson voltou a errar na derrota do Liverpool para o Leicester na última rodada da Liga Inglesa e muitos estão pensando que talvez ele precise descansar para esfriar a cabeça, porém eu não concordo com isso pois retirá-lo do campo pode ser ainda mais prejudicial”, comentou o pentacampeão.

“Quando um jogador vai para o banco isso lhe retira confiança, e o Alisson já mostrou anteriormente ser um goleiro com muita personalidade que não se deixa abalar facilmente. Então a melhor solução sempre será mantê-lo dentro de campo esperando que ele estabilize novamente seu jogo. E isso já foi visível na Champions com o Liverpool se recuperando com uma boa vitória por 2×0 em cima do RB Leipzig, adiantando sua caminhada rumo às quartas de final da Liga dos Campeões”, declarou Rivaldo, embaixador da Betfair.net.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *