Logo
Imagem: Reprodução/SSPBA

As quase 180 toneladas de mantimentos (alimentos, água potável, medicamentos, roupas e colchões) foram distribuídas pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, no Extremo Sul da Bahia. Um total de 250 militares atuam nas cidades atingidas pelas fortes chuvas, com o suporte de aeronaves, há 13 dias. 

Diariamente, as doações são separadas e catalogadas pelos militares. A arrecadação acontece em todos os quartéis dos Bombeiros na Bahia. Caminhões com capacidade para 25 toneladas cada transportam os mantimentos para o Extremo Sul. Para distritos em zonas rurais, com difícil acesso, são empregadas as aeronaves do Grupamento Aéreo (Graer) da PM.  

“É um trabalho de atendimento às vítimas dessa tragédia, que está sendo feito com muita eficiência. O sucesso dessa operação se deve à expertise dos militares do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, que são treinados constantemente para enfrentar situações desse tipo. Esse é o nosso trabalho”, ressaltou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino. 

Resgates

Vinte e três pessoas, entre crianças, gestantes e idosos foram resgatadas pelos bombeiros e policiais militares durante as fortes chuvas no Extremo Sul da Bahia. Em um dos casos, em Itamaraju, uma gestante foi socorrida para o Hospital Regional de Eunápolis, onde deu à luz a uma menina. 

O salvamento mais recente aconteceu na terça-feira (21), quando um idoso de 71 anos foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e Graer. Ele estava ilhado no distrito de Água Limpa,  no município de Jucuruçu, e precisava fazer hemodiálise. 

Corpo de Bombeiros e Polícia Militar distribuem 180 toneladas de mantimentos no Extremo Sul
Imagem: Reprodução/SSPBA

Uma médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acompanhou a busca com a tripulação do Graer para estabilizar o paciente antes do embarque. Quando a aeronave pousou no Ponto de Arrecadação, em Itamaraju, ele foi levado para o hospital por uma Unidade de Resgate dos Bombeiros.  

Além dos salvamentos, diariamente os militares realizam vistoria e mapeamento, envio de suprimentos, remédios e cestas básicas, atendimento pré-hospitalar e transporte de pessoas enfermas. 

Fonte: Ascom/SSPBA



Fonte

Redação
Leia no Portal RBN como mais notícias do Brasil e do mundo sobre: ​​Entretenimento, Esportes, Vida, Jogos, Cultura e muito mais! https://portalrbn.com.br