Conecte-se conosco

BA

Com baixa adesão, campanha de vacinação contra gripe entra na terceira etapa nesta quarta-feira (9) em Lauro de Freitas

Publicado

em

A vacinação contra a gripe registra baixa adesão dos públicos-alvo em Lauro de Freitas. No município, onde residem 22.411 pessoas com mais de 60 anos, apenas 2.474 foram a um dos postos para receber a proteção contra a doença. Os números acendem um alerta, já que a campanha avança para a terceira etapa nesta quarta-feira (09), em que os grupos prioritários serão ampliados.

Com três meses de campanha, o município ainda não conseguiu atingir uma cobertura vacinal satisfatória. O coordenador da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Daniel Assis, chama atenção para a necessidade de se proteger contra a doença. “A gripe é uma doença sazonal, os índices de casos aumentam em períodos mais frios. É importante que a vacina seja realizada porque é uma doença que pode agravar para quadros severos. A doença é ainda mais perigosa para os idosos”, alertou.

Terceira etapa

A terceira etapa da imunização contra a gripe se inicia nesta quarta-feira (09). A imunização será ampliada para outros grupos prioritários: trabalhadores das Forças Armadas, de segurança e de salvamento; pessoas com comorbidades, condições clínicas especiais ou com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário; trabalhadores portuários; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes em medidas socioeducativas.

Até o fim da campanha, em 9 de julho, a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar 90% do público alvo. Até agora 13.439 pessoas foram vacinadas contra a doença em Lauro de Freitas.

Locais de vacinação

Lauro de Freitas reservou locais especiais para não haver aglomerações e nem atendimento a pacientes com síndromes gripais, o que evita o contágio pela Covid-19. Quem ainda não tomou a vacina deve procurar de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, as USFs Santa Bárbara, Parque São Paulo, Cidade Nova, Jardim Independência, Tarumã e Pastor Israel Moreira, em Itinga. Em Portão, nas USFs Vila Nova e Noel Alves Cruz. Em Areia Branca, na USF Antônio Carlos Rodrigues. No Jambeiro, a imunização é realizada na USF Padre João Abel, e no Capelão, na USF Manoel José Pereira.

Atualmente, o município registra 22% de cobertura vacinal contra a gripe. Para dar celeridade à vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde separou outros locais onde a população também pode ser vacinada, com horário de atendimento das 14h às 16h. São eles: Centro, no drive do Ginásio do Aracuí, quando não houver vacinação da Covid-19; em Portão, na escola Kleber Pacheco; Escola Dois de Julho e na Escola Vovó Ciça, em Itinga. Outro ponto foi colocado na Escola Municipal Vida Nova. Para ser vacinado é necessário apresentar cartão SUS e documento oficial de identificação com foto.

Covid-19

Com a vacinação contra a Covid-19 ocorrendo simultaneamente com a da gripe, a orientação do Ministério da Saúde é que haja o intervalo de 14 dias entre as doses.

Daniel reforça o alerta sobre a importância de tomar a vacina da gripe que protege contra três cepas do vírus Influenza (A H1N1, H3N2 e B).  Todas as cepas podem causar infecções e evoluir para quadros graves com risco de morte. “Tanto a gripe como a Covid-19 são doenças do trato respiratório com sintomas semelhantes como tosse, coriza e dores no corpo. A vacinação contra a gripe facilita o diagnóstico da Covid-19 e reduz a procura por internamentos neste período de pandemia”, falou.

Jornalista: Giovanna Reyner

Foto: Lucas Lins

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA