Conecte-se conosco

Economia

Coelba alerta para consumo de energia no verão

Publicado

em

Elevação da temperatura leva a mudança nos hábitos de consumo, com uso mais frequente do ar-condicionado, por exemplo.  O resultado pode ser a elevação no valor da conta de energia 

O valor da conta de energia está diretamente associado ao hábito de consumo do cliente. No verão, os consumidores precisam estar mais atentos para não sentir no bolso os efeitos da elevação da temperatura. Nesta época do ano, a variação é justificada, principalmente, pela utilização de aparelhos de refrigeração para amenizar o calor. Equipamentos como geladeiras e condicionadores de ar apresentam aumento de desempenho para compensar a alteração climática. Para evitar surpresas que podem comprometer o orçamento doméstico, a Coelba recomenda o uso eficiente de eletroeletrônicos. Neste mês, a atenção deve ser redobrada com a vigência da Bandeira Tarifária amarela estipulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O clima quente leva a maioria das pessoas a atenuar o desconforto das altas temperaturas acionando o ar-condicionado por mais tempo e abrindo mais vezes a geladeira, por exemplo. O resultado desse hábito pode ser a elevação no valor da conta de energia. Comportamentos eficientes na utilização da energia, além da atenção aos desperdícios, são essenciais para que o consumidor evite surpresas, sem, necessariamente, abrir mão do conforto.

Com a chegada do verão é praticamente inevitável que haja um impacto na conta em função do maior consumo de energia para atenuar o calor. É um ciclo que verificamos todos os anos. Mas, é possível minimizar os efeitos na fatura de energia, comenta gerente de Eficiência Energética da Coelba, Ana Christina Mascarenhas

Confira abaixo algumas dicas que podem proporcionar economia no uso dos aparelhos domésticos:

  • Aparelhos elétricos consomem mais quando o ambiente externo está mais quente, evite, também, utilizar climatizadores e condicionadores de ar por longos períodos. A orientação é ajustar o condicionador de ar para temperatura confortável (cerca de 23° C). Utilizar o timer (temporizador) ajuda a evitar o funcionamento desnecessário do equipamento;
 
  • Após a refrigeração do cômodo, o consumidor pode recorrer aos ventiladores, para manter o clima agradável. É importante lembrar da limpeza regular desses equipamentos. Além de higiênica, a medida contribui para um desempenho mais econômico;

  • No caso das geladeiras, quando em mau estado de conservação, os equipamentos chegam a representar 30% do consumo de uma residência. Além disso, freezers e geladeiras devem ser instalados em locais ventilados, com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes e armários. É importante observar periodicamente a borracha de vedação que, uma vez ressecada, causa um grande desperdício de energia;

  • Colocar o chuveiro elétrico na posição verão é mais uma dica de economia, quanto mais baixa a temperatura da água, menor o consumo;

  • Fornos e ferros elétricos somente devem ser usados quando necessário. É importante otimizar esses equipamentos, para aproveitar o calor, evitando desligar e reaquecer o aparelho com frequência. 

Além disso, a Coelba aconselha o consumidor a ter atenção no momento da compra de eletrodomésticos. É importante optar por produtos que apresentam o Selo Procel – que indicam os aparelhos mais eficientes e que consomem menos energia. É recomendável o uso de lâmpadas fluorescentes ou em LED, que chegam a economizar cerca de 80% de energia elétrica e têm durabilidade bastante superior às comuns.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda PODCAST RBN

TENDÊNCIA