0

A partir da próxima segunda-feira (22), o Castramóvel, serviço itinerante de castração animal, atenderá aos gatos que estão abandonados na colônia de felinos em Piatã. A iniciativa faz parte do pacote de ações deflagrados pela Diretoria de Bem-Estar e Promoção Animal (Dipa) para inibir o crescimento populacional dos animais em situação de rua e a prática do abandono dos pets na região.

Além do procedimento cirúrgico que conta com o apoio de tutores independentes que atuam na região e darão o apoio no pós-operatório, equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) farão a vacinação antirrábica para cães e gatos. O Castramóvel ficará instalado no estacionamento da Zona Azul de Piatã (em frente ao bar Siri Cascudo), de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 13h.

“Estamos implementando uma série de medidas para inibir o aumento da população de gatos abandonados na colônia de Piatã. Instalamos placas educativas para sensibilizar a população quanto à importância dos problemas ocasionados pela prática. Também estamos em tratativas com a Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar para intensificar a ronda no local e inibir as pessoas que acabam abandonando os felinos no local. E a castração em massa dos gatos, justamente para evitar a reprodução dos bichos em situação de rua”, destacou a diretora da Dipa, Tainara Ferreira.

Solicitação – As castrações podem ser solicitadas no e-mail agendamento.dipa @ gmail. com ou presencialmente nos postos de saúde. Basta enviar RG e CPF do tutor, comprovante de residência, cartão do SUS e cartão de vacina antirrábica do animal atualizada. No dia agendado é realizada a triagem do animal e, caso esteja tudo em ordem com a saúde, a castração é feita em seguida.

Por conta da pandemia, a recomendação é que compareça apenas o tutor e o animal para não gerar aglomeração. Além dos animais abandonados em Piatã, o serviço itinerante também atenderá todos os cães e gatos da cidade que os tutores realizarem o agendamento para o procedimento.

Requisitos – Para solicitar a castração é necessário que o cão ou gato tenha recebido a vacinação antirrábica (mais de dez dias e menos de um ano). Podem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes. A vacinação é realizada durante todo o ano nos postos fixos, distribuídos nos bairros de Salvador.

No caso de existir mais de dez animais para vacinação, a solicitação para agendamento pode ser realizada no Centro de Controle Zoonoses (CCZ), através do telefone (71) 3611-7331.

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

centralrbn

Revista britânica Daily Finance elege Tindin entre as melhores fintechs do Brasil

Artigo anterior

Maior aulão do Brasil, Gabarita ENEM reúne mais de 50 professores em ação de Solidariedade; ENEM começa na próxima terça.

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em BA