Conecte-se conosco

Esportes

Brasileira estreia no Mundial de Fórmula Kite em dia de ventos inconstantes

Publicado

em

Brasileira estreia no Mundial de Fórmula Kite em dia de ventos inconstantes

A abertura oficial do Mundial de Fórmula Kite foi realizada nesta quarta-feira (13), em Torre Grande (Oristano), na Itália, com seis baterias para a flotilha feminina. A brasileira Socorro Reis, única representante feminina do País na disputa, terminou o dia na 32ª colocação geral. O evento tem a liderança da norte-americana Daniela Moroz. As provas do masculino, que contam com os brasileiros Bruno Lobo e Cláudio Cruz, foram adiadas para a quinta-feira (14).

A velejadora Socorro Reis enfrentou logo de cara as condições instáveis de vento na região da Sardenha. A atleta de São Luís (MA) esperou por mais de uma hora para a primeira regata, que acabou sendo cancelada. Mas no fim da tarde o vento firmou e a comissão montou as raias no Mediterrâneo.

As baterias no Fórmula Kite têm duração de 15 minutos aproximadamente e são realizadas entre boias. Cada velejador pode inscrever até quatro jogos de kite por competição e trocar o material se necessário. ”O dia foi bem difícil. Tivemos que entrar às pressas porque a primeira regata não valeu! O vento oscilou muito e eu entrei com o kite menor e as outras meninas com um bem maior. Mas é isso, faz parte do jogo”, disse a vice-campeã pan-americana de 2021, Socorro Reis.

As regatas do feminino contam com 49 atletas e são separadas em dois grupos. A competição mundial para os kites conta com mais de 150 velejadores de 27 países. As regatas da nova classe para Paris 2024 são nos mesmos formatos das provas olímpicas. As provas serão válidas até o dia 17 de outubro.

Resultado oficiais

https://www.formulakite.org/sailwave/liveresults_women.htm

”Foi um dia monótono para quem gosta de kite surf. O vento chegou a zerar e as meninas que foram para a água no começo sofreram, algumas caíram na água. Mas é do esporte. A previsão para os próximos dias está um pouco melhor”.

”Quero mais regatas para colocar todo o treino, toda a prática em jogo”, contou Bruno Lobo, que viajou à Torre Grande para o Mundial de Fórmula Kite com o apoio da CBVela – Confederação Brasileira de Vela.

As regatas de quinta-feira do Mundial de Fórmula Kite devem começar a partir de 11h (horário local) e devem ser realizadas, pelo menos, três baterias para cada gênero.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Tem o Bradesco como patrocinador oficial, e o Grupo Energisa como parceiro oficial e patrocinador da Vela Jovem. A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *