0

O rap nacional terá uma nova grande premiação neste ano. O canal RAP TV, atuante desde 2013, realizará o Prêmio Nacional RAP TV para celebrar os melhores do rap e trap brasileiros. A cerimônia terá transmissão no YouTube, no dia 13 de dezembro, com entrega de troféu, participações e apresentações musicais a serem reveladas nos próximos dias.

A ideia é criar um prêmio democrático, amplo e nacional. A votação será feita por um extenso corpo de jurados, composto por 110 nomes, entre jornalistas, produtores de conteúdo, influenciadores e pessoas ligadas à cultura Hip-Hop. Os finalistas de cada categoria serão conhecidos na primeira semana de dezembro.

O público também participa ativamente da premiação e poderá votar no “Hit do Ano” e na “Live do Ano” através do Twitter, onde cada concorrente terá sua hashtag e a mais mencionada definirá o vencedor.

Em outras duas categorias, “Aposta RAP TV” e “Artista Mais Streamado de 2020”, não há processo de escolha ou votação, e os vencedores serão revelados no dia. O canal premia, além de artistas e produtores, a melhor capa e melhor clipe.

A cerimônia de entrega será virtual e poderá ser acompanhada no canal RAP TV, a partir das 20h. Todos os vencedores receberão o troféu em suas casas.

Conheça as categorias e os indicados nesta primeira edição do Prêmio Nacional RAP TV:

Melhor álbum:

BK’ – O Líder em Movimento

Bivolt – Bivolt

Djonga – Histórias da Minha Área

Jup do Bairro – Corpo Sem Juízo

 

Melhor rapper masculino:

Djonga

BK’

BIN

Matuê

 

Melhor rapper feminina:

Bivolt

Ebony

Tasha e Tracie

Mona Bruttal

 

Beatmaker destaque:

MU540

Papatinho

Nave

Cersv

 

Revelação do ano:

Kyan

Cristal

Borges

Kayblack

 

Melhor feat/participação:

Dexter, Djonga e Coruja BC1 – “Voz Ativa 2020”

Tasha e Tracie e Kyan – “TANG”

Febem, Fleezus e Cersv – “Raddin”

Victor Xamã, Davzera e Yung Buda – “Cobra Coral”

 

Melhor clipe:

Bivolt – “110/220”

Don L – “Kelefeeling”

Hot e Oreia – “Papaia” (participação Black Alien)

Filipe Ret – “Cidade dos Anjos”

 

Melhor capa:

Djonga – Histórias da Minha Área

Ebony – Condessa

Juyè – Do Desapego ao Amor

Rapadura – Universo do Canto Falado

 

Aposta RAP TV 2021:

Bakkari

Marcola Bituca

N.I.N.A.

MC Taya

VND

Zemaru

 

Categorias com voto popular:

 

Live do Ano:

Black Alien (18/9)

Djonga (10/4)

Emicida (09/5)

Fenda (15/6)

Filipe Ret (30/4)

Marcelo D2 (05/6)

Orochi (15/5)

Recayd Mob (28/9)

 

Hit do ano:

Recayd Mob – “Mlks de SP”

Matuê – “777-666”

NGC Borges – “Lei Áurea”

Pineapple Storm – “Poesia Acústica 9”

Salvador – “Vergonha Pra Mídia”

BIN – “Marília Mendonça” (participação Mãolee)

Kyan – “Nós É Ruim e o Cabelo Ajuda”

Bivolt – “Cubana”

 

O troféu:

A carpa foi escolhida como figura para o troféu e passa a mensagem de força e prosperidade que o peixe simboliza para os artistas que ganharem o prêmio. O troféu foi esculpido à mão e é uma maneira de representar o sucesso na caminhada de cada artista que levá-lo para casa.

 

Importância da premiação:

Dando sequência aos passos daqueles que iniciaram a cultura das premiações no rap – como os prêmios Melhores do Rap, Prêmio Hutúz, Mundo da Rua e muitos outros -, o Prêmio Nacional RAP TV quer também servir de vitrine para a excelente produção brasileira e celebrar os artistas da atualidade.

Um dos apresentadores confirmados para o prêmio e co-fundador do canal, Felipe Mascari, explica que o objetivo é abraçar todos os artistas possíveis. “Queremos criar algo realmente nacional, sem privilegiar o eixo. Para além disso, também vamos olhar para mulheres e artistas LGBTs, que ainda buscam reconhecimento dentro da nossa cena. Pode ser difícil, mas queremos exaltar vozes que precisam ser ouvidas”, diz ele sobre a abrangência da premiação.

Já para Kaique Zurk, também co-fundador do canal e designer gráfico, a tecnologia tem um papel fundamental na execução do prêmio: “Com a realização do Prêmio Nacional durante essa era digital e de renovação constante do público, é possível trazer novos holofotes para o mercado do rap nacional, seja de empresas, gravadoras e até internacionalmente. Além disso, fortalece uma competição saudável entre artistas e produtores, que vão querer aprimorar cada vez mais seus trabalhos para concorrer”.

O produtor executivo e social media do RAP TV, Caio Teixeira, afirma que esse é só o primeiro passo do Prêmio Nacional, que buscará ampliar os horizontes ao longo dos anos. “É um projeto a longo prazo. Fizemos o mais difícil que foi tirá-lo do papel, agora é construir um projeto gigante e revolucionário, que consiga colocar uma equidade entre o underground e mainstream”.

Até o momento, a primeira edição do Prêmio Nacional RAP TV tem o apoio da plataforma de distribuição digital de música ONErpm, responsável pela produção do evento, da Thug Nine, marca de roupa voltada ao streetwear, que é a patrocinadora oficial do evento e vestirá os apresentadores no dia, além de Zé Delivery, também patrocinador, e apoio do Rap Burger.

 

Serviço:

Prêmio Nacional RAP TV

Domingo, 13 de dezembro

20h

Ao vivo no canal RAP TV: www.youtube.com/raptvbr

 

Siga RAP TV: YouTube | Instagram | Twitter | Facebook

centralrbn

Diploma de ensino superior aumenta renda em 182%, mostra pesquisa

Artigo anterior

Bahia planeja compra de ultrarrefrigeradores para receber vacinas da Covid

Próximo artigo

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *