Conecte-se conosco

Esportes

Beto Pandiani e o planejamento em regatas

Publicado

em

Beto Pandiani e o planejamento em regatas

O velejador Beto Pandiani será um dos destaques do XVII Simpósio de Segurança do Navegador Amador, que será realizado de será realizado entre 15 e 17 de outubro, no Yacht Club de Ilhabela (YCI), no litoral norte de São Paulo.

O evento terá uma série de atividades dentro e fora do mar, incluindo a palestra do navegador paulista. O simpósio é uma realização do Yacht Club de Ilhabela em parceria com a Marinha do Brasil, Soamar SP e apoio da Prefeitura Municipal de Ilhabela. A produção e organização é feita pela Full Time Eventos e Turismo.

No currículo de Beto Pandiani, com mais de 20 anos de experiência a bordo, estão sete longas viagens em um barco sem cabine, o chamado catamarã. As expedições do navegador foram da Antártica a Groenlândia e do Pacífico ao Atlântico, sempre em uma embarcação aberta.

A próxima travessia de Beto Pandiani será em 2022 e terá o nome de Rota Polar. A viagem ao lado de Igor Bely começará no Alasca e percorrerá 3.000 mil milhas náuticas até a Groenlândia. Este caminho é conhecido por Passagem Noroeste e tem estado fechado pelo gelo nos últimos milênios.

Na palestra de Beto Pandini, marcada para o sábado, 16 de outubro, às 16h15, o velejador destacará o planejamento e todos os procedimentos de segurança para travessias como as dele ou menores, como regatas, charters ou passeios em mar aberto. ”Para essas viagens acontecerem com segurança, além do apoio que tivemos da Marinha do Brasil e de outras Marinhas, sempre fizemos um planejamento muito grande, um estudo dos lugares que a gente passou”, disse Beto Pandiani.

”Vou fazer uma apresentação sobre a viagem da Antártica e o meu próximo projeto do ano que vem, a Passagem Noroeste, onde o Igor e eu vamos viajar do Alasca à Groenlândia. Vamos fazer um filme sobre as mudanças climáticas!”.

“O sucesso é uma experiência coletiva” é o nome da palestra do escritor e navegador Beto Pandiani. Na viagem Rota Polar, Beto e Igor terão à disposição um multicascos de 24 pés de carbono (270 quilos).

A outra inovação a bordo é uma pequena cabine aberta no meio do barco que vai servir para descansar em segurança, pois esta região é cheia de ursos polares, e este será um dos desafios.

”Vale a pena ressaltar que viagem perigosa é aquela que a gente não sabe onde quer chegar e como vai chegar. E eu vou contar detalhadamente como foi o planejamento dessas viagens e como vamos fazer para garantir a segurança no próximo projeto em 2022”, finalizou o velejador.

Na Rota Polar, os velejadores terão a capacidade de transmissão de dados, ou seja, entrará ao vivo todos os dias para reportar as condições da viagem, e mostrar em imagens toda a região Ártica.

O Simpósio

As atividades começam na quinta-feira (14/10) com o credenciamento, que se estende a todos os demais dias de Simpósio de Segurança do Navegador Amador. Na sexta-feira (15/10), as ações serão na água, no chamado Dia de Mar com manobras de atracação e desatracação, resgate de homem ao mar, abandono de embarcação, coletes e balsa salva vidas, sinalização com pirotécnicos, transmissão de “Securitée” e “May Day” e demonstração de resgate de náufrago por aeronave.

No sábado (16/10) serão realizadas palestras com nomes de peso do mundo náutico e autoridades da Marinha do Brasil, com abertura oficial de Alex Costa – Comodoro do Yacht Club de Ilhabela, Mario Simonsen Presidente da Soamar-SP, Wladmilson Borges de Aguiar – Almirante de Esquadra – Diretor Geral de Navegação e Alexandre Cursino de Oliveira – Vice-Almirante – Diretor de Portos e Costas.

No domingo (17/10) serão realizadas as provas. É pré-requisito para o exame de Mestre Amador que o candidato seja Arrais Amador. E os inscritos para a avaliação para Capitão é necessário ter a licença Mestre Amador. Não será realizada a averbação de MOTONAUTA nas carteiras emitidas no Simpósio.

As embarcações dos chamados Exercícios de Mar serão enviadas pela Marinha do Brasil.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL

14/10 – CREDENCIAMENTO
14h às 18h – Credenciamento

15/10 – DIA DE MAR
8h às 8h30 – Credenciamento
8h30 às 9h30 – Instruções para o Dia de Mar
9h30 às 10h30 – Embarque nos meios
10h30 às 16h45 – Atracação e desatracação, noções práticas de manobras e navegação, resgate de homem ao mar, abandono de embarcação, coletes e balsa salva vidas
sinalização com pirotécnicos, transmissão de “Securitée” e “May Day”, demonstração de resgate de náufrago por aeronave.
16h45 às 17h – Desembarque dos Meios

16/10 – SIMPÓSIO
8h às 09h – Credenciamento
9h às 09h15 – Abertura Oficial com Alex Costa – Comodoro do Yacht Club de Ilhabela & Mario Simonsen – Presidente Soamar-SP
9h15 às 09h30 – Palavra da Marinha do Brasil com o Almirante de Esquadra Wladmilson Borges de Aguiar – Diretor Geral de Navegação, em nome do Comandante da Marinha Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos – Comandante da Marinha do Brasil.
9h30 às 9h45 – A Importância do Simpósio com o Vice-Almirante Alexandre Cursino de Oliveira – Diretor de Portos e Costas.
9h45 às 10h15 Coffee break
10h15 às 11h00 – Navegando com Segurança / Preparação Travessias com Marcio Dottori – Engenheiro naval, diretor técnico da Revista Náutica
11h às 11h30 – Tribunal Marítimo e a Segurança da Navegação com o Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho – Presidente do Tribunal Maritimo.
11h30 12h15 – Aspectos Práticos da Normam 03 com o Capitão-Tenente Helenilde de Lima Silva Gomes – Chefe do Departamento de Pessoal Amador, Marinas, Clubes e Entidades Desportivas Náuticas da Diretoria de Portos e Costas.
12h15 às 14h – Almoço
14h às 15h – Sobrevivência no Mar com Marco Ferrari
15h às 15h45 – A contribuição do RIPEAM para a Segurança do Navegador Amador com o Capitão de Mar e Guerra Sergio Henrique Magliari da Costa Moura
15h45 às 16h15 Coffee break
16h15 às 17h15 – O sucesso é uma experiência coletiva com Beto Pandiani – Velejador de renome mundial, Escritor e Palestrante
17h às 18h30 – Encerramento – Confraternização

17/10 – PROVAS
8h às 12h30 – Provas para Amadores

Confira a programação completa

Sobre o Simpósio

O Simpósio de Segurança do Navegador Amador teve sua primeira edição realizada no ano de 2000, na Escola Naval. Idealizado pelo Vice Almirante Euclides Duncan Janot de Matos, à época Diretor de Portos e Costas da Marinha do Brasil, o evento teve a coordenação do navegador Carlos Brancante, pela sua experiência de mais de 150.000 milhas navegadas, e o então CMG Bernardo Pierantoni Gamboa, hoje Vice-Almirante.

A missão era aproximar a Marinha dos navegadores amadores, tendo como foco central a segurança. Nesses 20 anos, o simpósio vem conscientizando toda a comunidade náutica sobre como ter uma navegação mais segura e evitar a poluição hídrica, de forma a garantir a salvaguarda da vida humana no mar.

Katarine Monteiro é jornalista especializada em esportes olímpicos e em saúde. Com cobertura de grandes eventos internacionais, como Jogos Pan-Americanos em Lima 2019, Qatar Total Open 2020, Qatar ExxonMobil Open 2019 - tênis em Doha (QT), Semana de Vela de Ilhabela, Transat Jacques Vabre 2019 (França-Brasil), L'Étape Brasil by Tour de France, também já fez coberturas de natação, maratona aquática, vôlei, polo aquático, Fórmula E, vela, skate e boxe, além de eventos esportivos como assessora de imprensa, relações públicas e social media. 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *