Leitura

Aventura fantástica combina elementos dos contos de fadas e cria espaço inclusivo para pessoas trans

Aventura fantástica combina elementos dos contos de fadas e cria espaço inclusivo para pessoas trans

Uma aventura repleta de enigmas para devorar de uma só vez. Em Bairro dos Corvos Elétricos, livro de Caluã Eloi, uma criança sai sozinha em busca de um novo mundo, mas encontra um lugar completamente controverso chamado Aquiles, onde nada e tudo é verdade.

Em sua jornada, a criança encontra pessoas e criaturas mágicas, como Tispadis, um artesão de bonecos mágicos que lhe dará um novo nome. Também conhece Aliah, a rainha misteriosa deste bairro, e seu irmão Ushas, o bardo. Mago Sphynx é outro personagem importantíssimo para a saga: um gato muito peculiar que conhece todos os segredos desta terra misteriosa e de todas as pessoas que vivem ali.

Ao reunir elementos de mitologias celta, nórdica, egípcia e grega, Caluã cria um universo instigante, cheio de suspense e magia, combinando uma aventura fantástica às múltiplas possibilidades de mundos.

O céu é vazio e do chão vem o dia. Árvores matam, corvos dão choque, bonecos caminham, definitivamente, nada parecia igual, pensou o menino. Já se sentia resignado a permanecer o resto de sua vida em Aquiles, então, mais valia acostumar-se mais e questionar menos, quando se lembrou do bilhete que trazia no bolso.

(Bairro dos Corvos Elétricos, p. 144)

Em um universo de contradições, o autor, que se identifica como uma pessoa trans não-binária, provoca diversas críticas sociais sobre poderes totalitários, machismo e abuso sexual, dando protagonismo, visibilidade e representatividade às mulheres e comunidade trans. Segundo o autor, Bairro dos Corvos Elétricos normaliza as existências LGBTQIA+ em todos os espaços.

“A comunidade LGBTQIA+ quando procura um livro ou filme com representatividade trans, lésbica, bissexual, etc. não necessariamente quer ver uma história sobre sofrimento causado pelo preconceito. Às vezes, apenas queremos ver estas pessoas como super-heróis, vivendo romances fofos ou lutando em aventuras mitológicas”, reflete Caluã.

Através da ficção, a obra escancara tópicos do nosso tempo, permitindo que o público pense a respeito do seu lugar no mundo e se sinta encorajado a ser quem se é.

Ficha Técnica

Título: Bairro dos Corvos Elétricos
Autor: Caluã Eloi
Editora: Vícios Anárquicos Produções
ISBN/ASIN: 978-1699690567
Páginas: 224
Tamanho: 15.24 x 1.17 x 22.86 cm
Preço: R$ 36,80 / R$5,99
Link de venda:  Amazon físicoAmazon e-bookAmericanasSubmarino e Clube dos Autores

Sobre o autor

Aventura fantástica combina elementos dos contos de fadas e cria espaço inclusivo para pessoas transCaluã Eloi é escritor, videomaker e produtor cultural, formado em Produção Cultural (IFRJ), especialista em Linguagens Artísticas, Cultura e Educação (IFRJ) e mestre em Artes, Cultura e Linguagens (UFJF). Possui três livros publicados e quatro espetáculos teatrais, além de ensaios, crônicas, resenhas, poemas e outras obras. Como roteirista e videomaker possui 14 filmes independentes. Colaborou ainda com publicações para portais como Mídia Ninja e Todxs Brasil, onde também atua como consultor de diversidade e inclusão.

Redes sociais do autor